.fb-comments { margin:10px; padding:10px; } .fb-comments h4{ color:#CCCCCC; /*--- ajuste a cor da fonte ---*/ font-size:18px; /*--- ajuste tamanho da fonte ---*/ font-weight:bold; padding:10px; }

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Um engano chamado M.D.A. (O que está por detrás deste método)





AGORA COM DETALHES DO ENCONTRO COM DEUS


“...mantendo a fé e a boa consciência que alguns rejeitaram e, por isso, naufragaram na fé.” 1 Timóteo 1:19


1. Introdução

A alguns anos, algo tem revolucionado as igrejas pentecostais e neopentecostais no Brasil. Estou falando do Modelo de Discipulado Apostólico, o M.D.A. Este suposto método de evangelismo está embasado no que chamam de “discipulado um a um”. Trata-se de um trabalho em células para a igreja local e com isso, um maçante trabalho de “cobertura espiritual”, um elo entre duas pessoas que se chama de discipulador e discipulado.






Muitas igrejas pentecostais pioneiras e tradicionais no Brasil estão mudando completamente seus métodos de ensino e evangelismo, como a igreja Assembleia de Deus, alegando terem descoberto “a roda”; ou seja, afirmando que agora conhecem o verdadeiro evangelho e as implicações da grande comissão de Cristo. Muitos Pastores chegam a dizer que por décadas pastoreando estavam completamente errados na forma de trabalho, mas agora com este modelo estão convictos que esta é a verdadeira comissão deixada por Jesus para a evangelização do mundo nesta última hora. Grande engano!

É incrível como tais pastores se rebaixam na ignorância e insensatez de dizerem que tudo o que viveram e aprenderam estava raso e sem conteúdo. Na verdade tais Pastores precisam entender que o grande problema de suas igrejas e de seus ministérios sempre fora a ignorância, principalmente de usos e costumes e da liberdade em Cristo Jesus. São igrejas amarradas no tradicionalismo exacerbado, que viram vazar fieis ao longo dos anos e desesperados por estarem em igrejas frias e apáticas, abraçam tal método com unhas e dentes. 

Sabemos que as empresas de marketing multinível sabem como atrair suas presas. É fácil ludibriar alguém para entrar em algo que não conhecem com promessas de dinheiro fácil. Em nosso caso, também sabemos que o grande desejo de qualquer Pastor com certeza é ver sua igreja cheia. É exatamente aí que o M.D.A. se aproveita; da ganancia Pastoral de ver sua igreja alegre, vibrante, com muitos crentes e automaticamente com mais dízimos. Infelizmente é assim. Antes as inovações que chegavam nas igrejas vinham por crentes (ovelhas) mas logo eram descartadas pela liderança. Neste caso é diferente, a rede é armada para nossos Pastores.

“Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.” Mateus 24.24. Na maioria das vezes olhamos este versículo e logo pensamos em outras pessoas. Mas lhe digo que você pode ser a pessoa encaixada neste texto. Espero que tenhas coragem e lhe desafio a ler até o final deste artigo para tirar suas próprias conclusões. Se você é alguém que não gosta de leitura e de reflexão, então lhe digo para ficar no seu mundinho e não perca seu tempo de ler até o final. Pois bem, vamos começar do começo.

2. Os objetivos do M.D.A.

Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. 2 Coríntios 5:17

Antes de falar da gênese do MDA falaremos sobre os objetivos deste método. Espero que você leitor, seja reflexivo para um bom entendimento. Analisando com cuidado todo aparato do M.D.A. percebemos que seus objetivos transcendem ao que de início nos é apresentado. Com certeza você se deparará neste artigo com modismos e formulas que não sabias que era deste método. Mas entenda que esta é a ideia, o terreno (você) é muito bem preparado para sempre receber novas ideias. Eles não implantam tudo de uma vez. Pois bem, vamos aos objetivos do M.D.A., segundo a visão do Rev. Onézio Figueiredo da Igreja Presbiteriana quando este fala sobre o G12 em seu livro: Os segredos do G12, cultura cristã:


  1. Angariar a simpatia dos pastores e membros das igrejas estabelecidas e institucionalizadas. 
  2. Colocar e manter como posição primaria de suas pregações, enquanto lhe convier e lhe for útil, os 
  3. temas mais evidentes da Igreja: Família, evangelização e santificação. (esta é a forma mais atrativa para implantarem suas ideias, pois do contrário seriam negados). 
  4. Tentar estabelecer, pela presença de seus “encontristas” no interior de cada denominação, a diferença “qualitativa”, em termos carismáticos, entre os seus membros normais e os “melhorados” pelo MDA e seus encontros. (Nem todos sabem, mas no M.D.A. assim como no G12 se tem os famosos “encontros com deus”, dizem que uma pessoa somente é transformada quando passam por estes encontros). 
  5. Impedir, pelo maior tempo possível, a exteriorização de suas doutrinas e objetivos. (Muito parecido com os cultos televisivos do R.R. Soares. Quem vê somente ele pela televisão, não sabe quanto seus cultos em suas igrejas são cheios de adereços como rosa ungida, sabonete ungido, fogueira santa e outras coisas). 
  6. Recolher membros das igrejas para atividades religiosas paralelas secretas, às escondidas. E não apenas “sigilo de atividades”, pois o “sigilo de conteúdo” é o mais cuidadosamente preservado: nada de apostila distribuída e nada de gravação e filmagem por qualquer participante.(São os Encontros com “deus”) 
  7. Deslocar a obediência e a fidelidade devidas a Cristo para os líderes do M.D.A. e para aqueles pastores que “rezam pela sua cartilha”. 
  8. Buscam até enganar os pastores mais conservadores que acham que podem fazer uma divisão do que é bom no M.D.A. e do que não é. Estes estão enganados quando acham que alguma coisa pode se aproveitar. O que acredita ser a parte boa, na verdade é a porta que entra tudo o que não presta. 

3. Conheça a fundamentação do M.D.A.

Antes de nos aprofundamos na fundamentação do M.D.A. vamos deixar claro qual é a simpatia do Abe Huber acerca de métodos que fora condenados por várias igrejas no passado. Confira o texto feito pelo Pr. Abe Huber da igreja da Paz. Este material você pode encontrar no seguinte endereço: http://pt.scribd.com/doc/60169252/A-IMPORTANCIA-DA-IGREJA-LOCAL-NA-VISAO-DO-MDA, ou clique aqui - Apostila Abe Huber

Fiz questão de deixar marcado alguns pontos para verificação.


Percebam que antes de tudo ele deixa claro que estudou diferentes modelos de igrejas em células, observou de perto, gastou tempo com líderes que já trabalhavam o assunto e encontrou vários bons modelos. Para legitimar todo o empreendimento e dedicação, na sina de montar algo pessoal, diz mais tarde que teve uma revelação de cerca de duas horas para o que chamamos hoje de M.D.A. Veja o vídeo clicando aqui.

Estudou e passou um tempo com o modelo 5x5 do Reverendo David Yonggi Cho, estudou o Modelo dos Grupos de Interesse, do Dr. Ralph Neighbour Jr., e também estudou o Modelo do Governo dos 12,
passando um tempo com o Pastor Cesar Castellanos, da Colômbia; ou seja, foi catequisado e possuiu o aprendizado no G12. Aí você poderia dizer, mas ele simplesmente foi conhecer, mas veja que ele ainda diz que “todos eles são bons e funcionáveis nos contextos em que são aplicados, para aqueles que seguem seus princípios”. Abe Huber pescou em cada modelo o que se tinha de “melhor”, ou 
pior, e deixou com a cara das igrejas pentecostais. O resultado? Muitas igrejas adotaram o processo. As consequências? Você verá daqui uns 3 anos (Muitos já estão colhendo).

4.  A gênese do M.D.A. (Do Opus Dei à visão celular dos 12 “G12”)
Acredito que uma das bases que todo crente precisa ter é a base histórica, seja da igreja, seja da história geral. Entender a história nos ajuda a evitarmos erros já evidenciados no passado. A igreja peca quando não olha a história e peca ainda mais quando nega a história. Quem conhece a história da igreja, dificilmente cairá em erros que já foram analisados e condenados pela igreja.

Partindo desta premissa analisaremos a história para que você entenda que tal modelo ou método evidenciado aqui, não tem nada de novo. Pelo contrário, o M.D.A. é uma cópia quase que exata de modelos antigos e que foram negados pela igreja, porém agora com uma forma inovadora, uma nova roupagem, e empolgante com floreios e maquiagem que tem enganado a muitos pastores. Alias, estes modelos celulares não eram trabalhados pelas igrejas 25 anos atrás. Só não me venha dizer que faz 25 anos que a igreja “achou a roda”. Nós somos frutos desta igreja que hoje dizemos que não caminha. Viajemos na história para um melhor entendimento.

Josemaria Escrivá
Tudo começou com o Padre espanhol chamado José Maria Escrivá de Balaquer.  Nascido no dia 09 de janeiro de 1902 e falecido em Roma no dia 26 de junho de 1975, este sacerdote católico foi o fundador de uma estrutura institucional da igreja católica que se dedicava à atividades pastorais especificas chamada “Opus Dei” do latim “Obra de Deus”. É desta estrutura montada que encontramos a fundamentação também do G12 (grupo dos 12 de César Castellanos). No dia 02 de Outubro de 1928, na festa dos “santos anjos da guarda” durante os dias de um retiro espiritual, muito comum na igreja católica, surge o Opus Dei como um caminho para a santificação.

A origem do Opus Dei, aconteceu após a junção de 13 clérigos, com votos do romanismo: Obediência, castidade e pobreza, quando entre eles um acabou saindo e se casando, restando apenas 12 padres, estes acabaram sendo fieis e submissos ao movimento. Estes 12 acabaram se comparando a Cristo e seus 12 apóstolos. Os objetivos era recrutar leigos nos mais diferentes esferas sociais, e trabalhar neles o silêncio. Mas para realmente terem a certeza de que estes leigos, em determinado momento, eram fieis seguidores, ao participarem destes retiros, e alguém perguntando a eles o que acontecia nestes encontros: eles deveriam responder que não havia nenhum segredo. Na verdade a intenção era exatamente, provocar a curiosidade nas pessoas, para que o Opus Deis fosse cada vez mais divulgado.

O plano desses “12”, ou do “G12” do Padre Josemaría Escrivá, era um plano de marketing: provocar curiosidade aos que seriam futuramente novos adeptos e automaticamente nunca revelariam o que de fato acontecia nestes encontros. Porém as manifestações ou obras externas que este grupo deixava transparecer eram os Cursilhos da Cristandade: um sistema de evangelização, que ainda hoje é usado dentro da igreja católica. “Trabalhavam” especialmente os casais, retirados de seus filhos e demais parentes e levados para lugares por eles completamente ignorados. A quebra de vínculos familiares implicava o rompimento das “raízes tribais” e consequentemente implantava nos participantes destes encontros o comprometimento com o clero engajado na Opus Dei, a quem deveriam devotar irrestrito amor, respeito, obediência e submissão. O M.D.A. é somente uma cópia dos Cursilhos da Cristandade. Um recrutamento. 

Da Espanha o Opus Dei passou à América Latina, aportando-se na fragilíssima e, por isso mesmo, catolicíssima Colômbia, onde encontrou campo fértil. Dominou todo clero e penetrou fundo no mundo leigo. O “G12” até então não era aquele que chegou ao Brasil por volta do ano de 1991, mas um “G12” católico, uma idealização do Padre Josemaría Escrivá. O “G12” evangélico como conhecemos, na verdade é uma junção e adaptação do Opus Dei do sacerdote Escrivá e também na igreja em célula do Evangelho Pleno do Pr. David Young Sho (como veremos a seguir). 

A cerca de 16.000 km da Colômbia, temos Seoul, Coréia do Sul. É ali que o Pr. David  (Paul) Yonggi Sho por volta do ano de 1961, criou um método revolucionário de crescimento de igreja.  Sho tinha o padrão de célula de 10 fieis, reunido em grupos de cinco, sendo cada célula com um líder, e o conjunto de 5 células ficava ao comando de um supervisor. Eles descobriram o poder de uma igreja em células, mas não somente em células, também outros adereços que serviriam para regimentar ainda mais o trabalho. Que é a corrente que precisa ser criada, no caso do M.D.A., chamado de discipulado. Aqui abro um parêntese para dizer que creio no método de grupo familiar e também acredito que a igreja se originou desta forma. O problema é que tais métodos como conhecemos tem crescido não pelo evangelho, mas pelo poder piramidal de marketing multinível a exemplo de Herba Life, Mary Kay, Telexfree, BBOM, ou coisas do gênero. Os créditos para o crescimento tem sido dado ao método, ao líder, ao Pastor, menos ao Espírito Santo, quem convence o homem.

Pr. César Castellanos
Em 1983 surge outro movimento de crescimento de igreja. César Castellanos Dominguez, um Pastor evangélico colombiano, fundador da igreja Missão Carismática Internacional, foi tremendamente influenciado pelo modelo e a forma de trabalho do Pr. David (Paul) Younggi Cho na Coreia. Impactado com o crescimento da Igreja Coreana, Castellanos percebeu que aquele era o “passo” certeiro. Ele iniciou copiando o modelo do Pr. David e implantando este modelo em seu ministério. Porém o método da Coreia não funcionou como César esperava. Ele queria um modelo ainda mais eficaz de crescimento. Então resolveu buscar em outras fontes respostas para que numa mesclagem ainda mais ousada, obtivesse melhores resultados. Castellanos busca no movimento do Opus Dei de Josemaría Escrivá o G12, mais especificamente os Cursilhos da Cristandade. Então entre os anos de 1991 e 1992, César Castellanos implantou o movimento G12 evangélico como conhecemos. Que nada mais é do que a união da igreja celular da Coreia e também o movimento de Josemaría Escrivá, os Cursilhos da Cristandade do Opus Dei. Confira pelo próprio César Castellanos:

“…o princípio dos doze é um revolucionário modelo de liderança que consiste em que a cabeça de um ministério seleciona doze pessoas para reproduzir seu caráter e autoridade neles para desenvolver a visão da igreja, facilitando assim a multiplicação; essas doze pessoas selecionam a outras doze, e estas a outras doze, para fazer com elas o mesmo que o líder fez em suas vidas” (FRANÇA, 2011)

Resumindo, o que foi nos apresentado como modelo celular do G12 evangélico no Brasil, na verdade é uma mistura. Ele aproveitou do que considerava ser melhor entre Cho e Escrivá. Do modelo Cho, Castellanos retirou a “célula”, embasada na família e liderada por um líder subordinado ao supervisor e 
ao chefe geral. Do modelo Escrivá, o G12 romano, aproveitou: A) O sigilo rigoroso de programação e de conteúdo. B) A concentração de atividades, para não permitir reflexão ou desvio de atenção, isto é, fuga mental do “esquematizado” e o hermético/fechado “Encontro”. C) O psicologismo pelo qual se faz a “conquista” do encontrista (quem faz o encontro) ou, em outras palavras, sua lavagem cerebral. D) A triagem e o preparo da clientela pelos pré-encontros. E) A implantação da ideia de que nada existe melhor que o “Encontro”: a Igreja não é capaz de, pelas atividades comunitárias, fazer igual. Tal ideia é “plantada” no encontrista e, por meio dele, implantada na Igreja institucional de que “fazia” parte.

Fonte: http://graca-irresistivel.blogspot.com.br/
Fonte: http://edsonricardo.blogspot.com.br
O conhecido atualmente como Paipóstolo Renê de Araújo Terra Nova, fundador do Ministério Internacional da Restauração, após participar de um encontro da MCI em Bogotá, conheceu o trabalho do colombiano César Castellanos, e logo arrumou uma forma de trazê-lo ao Brasil. No ano de 1998 implantou no Brasil o movimento G12.  Com o passar dos anos, e percebendo que ele precisava ter autonomia de adaptação do modelo para o Brasil, em 2005, Renê abandonou a cobertura de Castellanos, e adaptou o G12 para o Modelo dos Doze (M12), que assim como o G12 é praticado em centenas de igrejas no Brasil e no exterior. A razão da alteração de nome aconteceu, pois Castellanos impediu Terra Nova de usar a logomarca G12. Por isso Terra Nova criou o termo M12. Neste blog você poderá ver esta separação http://visao12.blogspot.com.br/2010/08/rompimento-entre-terra-nova-e.html

Fonte: http://diariotorah.blogspot.com.br/
Fonte: http://equipeish.blogspot.com.br/
As primeiras igrejas a receberem estas novas estratégias de célula de Rene terra nova foram as igrejas de Valnice Milhomens, Igreja nacional do Senhor Jesus Cristo, e a igreja Sara Nossa Terra de Robson Rodovalho. Muitos foram os problemas apresentados e muitas foram os apontamentos de erros teológicos destes movimentos que na verdade tinham outras intenções. Mas de uma coisa ninguém negava, a capacidade de crescimento ou inchaço destas igrejas. Percebe-se uma gradativa forma de trabalho, porém sempre com a mesma essência. Resumindo: Tudo se inicia com o padre Josemaría, em seguida o Pr. Coreano Cho, depois César Castellanos, e no Brasil Rene Terra Nova, Valnice e Robson Rodovalho, até chegarmos num novo nome e numa aparente nova proposta de crescimento, o Apóstolo Abe Huber e consequentemente uma “nova forma” de ser igreja.


Fonte: http://cirozibordi.blogspot.com.br/2014/02/o-evangelho-show-do-mda-do-m12-e-do-g12_10.html


Caso você queira conhecer mais sobre o G12 diretamente dos nossos irmãos Colombianos, veja os vídeos abaixo:

·         A manipulação da seita g12 - https://www.youtube.com/watch?v=vvCWz4jvoZs
·         Trágico testemunho de um ex g12 - https://www.youtube.com/watch?v=lhdeEurVl8k
·         Desmascarando o g12 - https://www.youtube.com/watch?v=wWF-qBMcj_E
·         Testemunho de ex lideres do g12 - https://www.youtube.com/watch?v=FQkvX7iArqQ
·         A verdade oculta detrás do g12 - https://www.youtube.com/watch?v=_rUKgyTFlik

6. Analisando o M.D.A.

Você que aderiu ao método de crescimento M.D.A. provavelmente está irritado ou duvidoso com algumas afirmações deste artigo. Pode ser que tudo o que lhe foi apresentado ainda não lhe convenceu da armadilha que é o M.D.A. Porém lhe digo, que daqui para frente lhe apresentarei provas que vão lhe convencer. 

Tudo se inicia dentro da visão do M.D.A. como um “inocente” “encontro”, algo que “pretende” agir como “apoio” das igrejas, “cooperar” com elas, “entusiasmar” seus membros, “evangelizar” para elas. Conseguindo a “simpatia” de pastores e a adesão dos membros mais proeminentes das várias denominações, o M.D.A. implanta-se, fixa-se, adquire sede, monta esquema definitivo, divulga endereço e telefone, institucionaliza-se. Pronto, a igreja foi fisgada. 

Você Pastor, pare e pense como foi que você conheceu este inovador modelo de evangelismo. Reflita e verás como você caiu no “conto do vigário”

Se você possui a apostila de iniciação do M.D.A. da Igreja da Paz escrita por Abe Huber, quero lhe pedir que esteja com ela em mãos para analisarmos alguns pontos. Caso não tenha, clique aqui para acessa-la. Analisemos alguns pontos desta apostila para entendermos melhor a real intenção da visão M.D.A.

Na página 3, no tópico A IGREJA EM CÉLULAS NA VISÃO DO M.D.A. está escrito:

Todas as maiores igrejas locais do mundo já estão neste novo paradigma promovido pela Segunda Reforma, todas são Igrejas em células. Existem, porém, diversos modelos de Igrejas em Células. O modelo 5x5 é usado pelo Pr. Davi Yonggi Cho [...]. Este modelo organiza cada 5 grupos debaixo de um supervisor e assim por diante. Talvez, mais que qualquer outro homem, Deus tem usado o Pr. David Yonggi Cho para motivar muitas e muitas igrejas, para entrarem na visão de células. [...] Ultimamente muitas igrejas estão implantando um modelo que se chama “G12” (Grupo de discipulado de 12 pessoas) que tem tido um sucesso impressionante na igreja evangélica “missão carismática internacional” de Bogotá, Colômbia. A visão é de que todos sejam líderes, e uma das vantagens deste modelo é que o discipulado tem vínculos mais duradouros (HUBER, 2012)

Você ainda tem dúvidas que o M.D.A. tem um altíssimo grau de parentesco com o “G12”? O próprio Abe Huber afirma isso. E não vá achando que ele pegou só o que era bom e deixou o que não prestava. Ainda chegaremos lá. Por enquanto só quero fundamentar as bases de que assim como o G12 de César Castellanos é uma cópia fiel do G12 e do Opus Dei de José Maria Escrivá, o M.D.A. é uma versão melhorada de todos estes métodos que até agora apresentamos (G12 católico, G12 de César, Células de Cho, e M-12 de Renê Terra Nova). 

Ao continuarmos a analisar a apostila, Abe Huber ainda diz:

Um modelo ainda mais recente que tem surgido é o A.D.M. (Apostolio Discipleship Model), que em português é o M.D.A. (Modelo de Discipulado Apostólico). Este modelo prioriza o discipulado um a um e também procura aproveitar as vantagens dos outros modelos. (HUBER, 2012)

Aqui está o diferencial do método e o segredo ao mesmo tempo. O próprio Abe diz que a diferença do M.D.A é a priorização do discipulado um a um e o melhor dos outros métodos (Opus Dei e também o G12 de César Castellanos). Perceba que o foco do M.D.A é que todos sejam líderes (uma forma atraente de chamar as pessoas, para que elas queira fazer parte de algo) Muito semelhante as empresas de marketing multinível. Sempre com palavras que “encham” os olhos das pessoas. É o politicamente ou religiosamente correto. É a mudança da palavra “funcionário” para “colaborador”, de “empregada” para “secretária do lar”, de “mantenedor” para “patrocinador”, enfim, neste modelo não é diferente. Líder aqui não tem nada haver com a liderança bíblica de fazer discípulos, mas é o que encaixa perfeitamente nos moldes da igreja e é o que é religiosamente e atrativamente correto. 

Vamos perceber ainda mais a semelhança com as empresas piramidais, quando “sacamos” que em todo M.D.A., ou em toda empresa de marketing multinível, tem-se frases de efeito. O Pr. Abe, sempre usa “isso é só o começo”. Ou no encontro “O encontro foi: tremendo!” Ou em términos de pregações “Que palavra”. Tudo isso são estratégias. Sempre com a ideia de vem algo melhor, e pela curiosidade humana as pessoas ficam esperando. Nos encontros (o que nos aprofundaremos mais tarde) também, a cada ministração, sempre é enfatizado que “só está começando”. O que também nos chama atenção, além da falta de conteúdo teológico para os que já estão engajados neste processo, é que todos os fundadores destes modelos possuem a mesma conversa de que tais métodos vieram por revelação divina. Josemaría Escrivá afirmou isso, assim como Castellanos que diz ter recebido uma revelação que levou cerca de 45 minutos. Algo que está registrado em seu livro: “Sonha, porque os sonhos são a linguagem do meu Espírito. A igreja que tu pastoreias será tão numerosa como as estrelas do céu ou como a areia do mar, que, de tanta gente, não poderá contar” (CASTELLANOS, 1999).

Abe Huber não é diferente, também afirma em seu vídeo que se encontra no site (http://www.visaomda.com/a-visao-mda/) que recebera uma revelação divina. É estranho que muitos homens que apareceram com uma nova visão ou uma nova forma de culto, todos precisaram legitimar suas mentiras com sonhos ou revelações. Pense nisso!

7. As cores do M.D.A.

É nítido para quem já possui um certo contato com a visão mda, o grande uso das cores. Mas não se trata de um uso indiscriminado. É um uso consciente e com propósitos definidos. Seja no logo, no site ou nas festas de celebração, as cores são sempre nítidas nas bandeiras, camisetas e balões. São elas, o vermelho, o azul, o verde e o amarelo. O que é espantoso no uso destas cores pelo M.D.A é a semelhança com os Cursilhos da Cristandade e do G12. Os Cursilhos, sendo caracterizado pelos retiros, algo originado pelo Opus Dei de Escrivá, primavam por cores e pelos encontros espirituais. A cada novo encontro e com a volta dos que lá estiveram, eram realizados festas, ou a festa das cores. Não somente as cores era algo padrão, mas também a canção que era entoada “Decolores”. Veja o que diz o site do movimento Cursilhos de Cristandade de Curitiba (http://www.cursilhocuritiba.com.br)

De Colores é uma canção de origem espanhola, tradicional e de autoria desconhecida, cuja letra contempla as belezas da natureza e da criação. Desde os primeiros Cursilhos, ainda na Espanha, esta música é cantada nos retiros. 

Junto com a música temos as cores que expressam o Cursilho. 

No M.D.A. encontramos a celebração das cores, assim como nos cursilhos da cristandade. 

Veja a semelhança de festas nestes vídeos:

Festa de célula com Abe Huber – veja as cores



Cursilhos da Cristandade – veja as cores            

8. A fundamentação teológica do M.D.A.

Sempre que escuto acerca de um novo movimento, ou método ou sistema, minha preocupação é saber quem é a pessoa por detrás, ou quais são as fundamentações que sustentam tal ideia. É como você ver um livro e apesar da beleza deste, você procurar saber quem é o autor, e não somente isto, mas quais são os referencias que legitimam tal obra. A ideia pode ser assemelhada ao cuidado que qualquer um precisa ter ao fazer uma compra na internet; antes de comprar você procura saber se o site é confiável e outras coisas mais. Se formos aplicar estas mesmas regras ao M.D.A. você terá uma grande decepção. Se formos pensar de forma lógica, o correto seria pensar. “Algo tão revolucionário e tão divino, deve ter sido visto ou ensinado pelos pais da igreja, ou pelos grandes nomes da teologia”. Não posso negar a história da igreja quando nos falam de tantos nomes que deram tantas contribuições a teologia. Isto quer dizer que, quem sabe tal método fora ensinado por Tertuliano, Atanásio, Agostinho, ou por Tomás de Aquino, João Wycliff, ou quem sabe Zwínglio, ou Martinho Lutero, John Knox, ou João Calvino, Jacó Armínio, Jonathan Edwards, John Wesley, Charles Spurgeon, Louis Berkhof, F.F. Bruce, Emílio Conde, C.S. Lewis, Francis Schaeffer, John Stott, Augustus Nicodemus Lopes, Caio Fabio, Norman Geisler, Russell Shedd, Wayne Grudem, ou ainda Hernandes dias Lopes, ou Ed Renê Kivitz, Luis Sayão, Jonas Madureira, Hermisten Maia, Paulo Romeiro ou ainda dentro das Assembleias de Deus, Elienai Cabral, Ciro Sanches, Antônio Gilberto, Esequias Soares, Claudionor de Andrade, aprovação de alguma convenção, ou de algum líder de expressão com sensatez. Mas para nossa tristeza, não temos nenhum referencial destes dentro do M.D.A. 

Quem são os referenciais então? Você já fez esta pergunta? Para início de conversa de uma olhada para a apostila do Abe Huber no capítulo 7 “discipulando com eficácia – materiais de discipulado”. Veja quais são os referenciais do M.D.A. pelo próprio Abe Huber: 

Além destes materiais, é provável que o Espírito Santo lhe dirija a estudar um livro da Bíblia com seu discípulo. As vezes você se sente direcionado por Deus para estudar um bom (ele disse bom) livro evangélico. Livros do Pastor David Yonggi Cho, Kenneth Hagin, Watchman Nee, Benny Hinn e outros autores de confiança. (HUBER, 2012)

Fonte: http://informativo-cristao.blogspot.com.br/
Fonte: http://projeto-mobilizacao.blogspot.com.br/
Kenneth Hagin? Benny Hinn? Você sabe quem são estes? Kenneth Hagin, chamado de “papai” pelos adeptos da confissão positiva é alguém que diz possuir mais poderes do que Jesus para expulsar demônios (ROMEIRO, 1993, p. 31) e que Jesus ao morrer assumiu a natureza de satanás. E quanto ao Benny Hinn? Alguém que levou os membros da igreja a dizerem “Eu sou um deus-homem”, que disse que o Espírito Santo falou a ele que o plano original de Deus era que as mulheres dessem a luz pelos lados, e quando pressionado, admitiu que havia tirado esta besteira da Bíblia de referência anotada Dake, um mentiroso que dizia ter sido curado de gagueira, quando nunca havia sido gago, também falou que Adão foi o primeiro super-homem, pois ele voava para o espaço e podia mergulhar sem perder o folego e que Eva fazia tudo isso também; Este mesmo homem disse, segundo o Jornal Mensageiro da Paz em 1992, que existem nove deuses na Trindade. Estes são os referenciais de Abe Huber? Que Deus tenha misericórdia dos leitores destas aberrações. Para você entender melhor isso lhe convido a conhecer o trabalho do Dr. Paulo Romeiro “Super Crentes”, um livro prefaciado pelo Dr. Russell Shedd e que embasa este paragrafo.

Vá para qualquer livro da mda publicações e você verá. Abaixo estão fotos da bibliografia do livro “Treinamento de líderes de células” escrito pelos “grandes nome” da teologia: Abe Huber e Ivanildo Gomes. E olha que foi somente este que eu encontrei bibliografia. Nos livros Discipulado um a um, e no livro grupo de evangelismo de Rone Feijão não se tem referências. Pelo amor de Deus, como isso?












Veja quais são as referências do próximo livro. Será que conhecemos alguém?
Até Parece piada estas referências. Nem vou comentar.

9. Os famosos “Encontro com Deus” na visão M.D.A.

Em qualquer sistema piramidal, ou no Opus Dei de Josemaría, ou nos sistemas G12 de Cesar Castellanos ou no sistema M12 de Renê Terra Nova, tudo precisa acontecer ou existir exatamente como está na apostila elaborada por Abe Huber. A partir de agora iremos ver os processos de introdução do modelo M.D.A. na igreja, segundo o Pr. Abe. Tudo é metodologicamente arquitetado, minuciosamente elaborado, hermeticamente executado. As etapas não podem ser quebradas, um ponto vem atrás do outro, nada é verificado seguindo a individualidade de cada um, mas todos precisam estar encaixados exatamente como manda o “figurino”. Era assim que Jesus trabalhava? Lidou com todos da mesma forma?

Olhando a apostila iremos perceber uma ordem e um objetivo, tudo se converge para “um tal” encontro. Na visão M.D.A. alguém se batiza somente após o famoso encontro. Mas o que é este encontro? O que acontece de tão especial? Qual o valor deste encontro para que somente após este, uma pessoa esta gabaritada para se batizar? Antes de analisarmos o encontro continuemos a verificar na apostila o valor que é dado ao evento.

Ainda na apostila do mda, Abe diz os degraus da escada para o sucesso são cinco e são os seguintes: Ganhar, Consolidar, Edificar, Treinar e Enviar. Aqui mais uma vez vemos a importância dada para tais “encontros”. Encontros que, os que ali adentram são proibidos de contarem o que viram e ouviram. Como uma empresa piramidal, o MDA se vale de métodos engessados para um sucesso avassalador, porém que tem prazo de validade (3 à 5 anos).

O suposto sucesso do Opus Dei (cursilhos da cristandade), G12 e M12 era exatamente os “encontros”. O ponto alto e chave do MDA também é o encontro. Trata-se de retiro de 3 dias com cristãos de várias igrejas e que normalmente acontece após um pré-encontro. Um evento que sublinha o arrependimento, perdão, quebra de maldição, libertação e cura interior e toda “presepada” que você possa imaginar. Pulação, pacto de silêncio, adoração a suposta “arca da aliança”, anotação de pecados, apelo emocional, conversas em língua-estranha, unção do riso, unção com óleo “à rodo” e muito mais. Ali todos, até os pastores se lá estiverem, precisam de libertação. Um pastor que vai a vários encontros destes, já está comprado pelo movimento. Quanto mais encontros, mais envolvido se estará. Depois de catequizado no encontro do MDA, o “adepto” passa a negar a Igreja comunitária tradicional e a vê como: ineficiente, desatualizada, apática e descompromissada coma evangelização. 

Este encontro assim como em toda visão celular, seja no G12, o M12 ou no M.D.A, trabalham a proposta, segundo eles, inovadora para alcançar a muitos para o reino de Deus. Uma espécie de um rito de passagem, que acaba vendo todos que ali estão como perdidos e impuros que precisam de limpeza espiritual para o trabalho da grande comissão. Como já dito, mas é importante ser frisado que o “encontro” era uma prática dos Cursilhos da Cristandade de Josemaría Escrivá e também muito usado por César Castellanos no G12, no M12 e agora no MDA, enfim, todos com algumas mudanças, mas com os mesmos métodos e efeitos do G12 do Opus Dei. Efeitos estes que buscam a neutralização da razão e do pensamento, mesmo que é dado grande ênfase em Romanos 12, acerca do culto racional. A simples menção repetidas vezes, acaba gerando no encontrista a sensação de que aquilo é realmente algo racional.

Quem já foi para o encontro sabe que a concentração de intensas informações, palestras, meditações, orações, reflexões individuais e coletivas, reuniões litúrgicas com muitos cânticos “apropriados”, horários rígidos, monitoramento implacável, momentos de emocionalização, “surpresas” de ordem conjugal, declarações “inesperadas” de amor, confissões de pecados, regressões psíquicas, “separações” de cônjuges para auto-avaliação, isolamentos sociais (tudo em curtíssimo tempo), contribuem para a irracionalização, por um lado, e intensíssima emoção, por outro, dando ao participante a sensação de um “antes” ruim, um “durante” angélico”, indescritível, e um “depois” restaurado, maravilhoso. Era exatamente esta a técnica dos cursilhos da cristandade, e de César Castellanos no G12 e também agora usada pelo MDA, entrado como um rolo compressor nas igrejas Assembleias de Deus.

9.1. As técnicas usadas no “Encontro com Deus” na visão M.D.A.

Segundo o Rev. Onézio Figueiredo (2000) é apropriado as técnicas de emocionalização; esta leva ao condicionamento, à submissão passiva; resultando, finalmente, na “lavagem cerebral” ou “reconversão” do “paciente”. Quem cai no “encontro secreto” pode desencontrar-se, e sem perceber, apassivar-se. O cérebro que se habitua a somente receber, perde a capacidade de ação e reação. O emocional, o lúdico, o prazeroso, o apelativo ao imediato, são excelentes “iscas” para atrair e prender os latinos/brasileiros, “quentes” e  emotivos por natureza e cultura; muitos, necessitados e abandonados por governos eclesiásticos ditatoriais e ruins. Fica fácil entender como assembleianos de berço, se submetem a tais
Fonte: http://www.hermesfernandes.com/
“cirurgias espirituais” de forma tão passiva. Viviam numa igreja na qual era valorizado mais a severidade de Deus do que Seu amor, numa igreja que estagnou com o tempo, numa igreja que na verdade é um reduto de mau-amados, amargurados e radicais. Caindo num encontro como este, a “libertação” que sempre buscavam, aparentemente está ali. Ambiente que se tem a falsa ideia de soltura das amarras dos usos e costumes, ficam “livres” do ostracismo, e ali podem receber do Espirito Santo, o que sempre buscavam em suas igrejas. Desta forma são facilmente enganados mais uma vez, pois não somente agora estão errados, mas já possuíam uma visão completamente equivocada de Deus e sua forma de agir.

Como uma cópia fajuta do Opus Dei e do G12, Abe Huber tem a preocupação de que tudo seja como ele direciona. Veja o que ele diz em seu livro “Discipulado um a um, crescimento com qualidade” sobre o encontro. 

Em menos de 24 horas após sua decisão, começa o cuidado do novo convertido; [...] No decorrer da primeira semana, ele já está na célula e já começa a ser discipulado, envolvido no relacionamento um a um; já está vindo para a reunião; já está sendo preparado para o final de semana que chamamos O Encontro com Deus, nos moldes da visão do MDA. (HUBER, 2012, p. 74).

Este encontro do M.D.A. é caracterizado pelo alto grau de espiritismo, mistura de psicologia, psicanalise e terapia de vida passada (espiritismo), técnicas psicoterápicas, budismo, seixo-no-ie, técnica de marketing e de auto-sugestão. Quando se entra é proibido a comunicação entre os presentes e também não se pode falar o que aconteceu lá dentro. Você consegue enxergar algo de Deus em algo tão obscuro? “Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas.”1 Tessalonicenses 5:5.

O encontro é um lugar na qual o Espírito Santo é completamente banalizado e um lugar que cantam sempre os mesmos hinos. Quanto a proibição da fala, dizem que na verdade é para que o encontrista escute somente a voz de Deus. Mas com um pouco de reflexão logo iremos perceber o que na verdade está por detrás. Quando muitos chegam ali, no primeiro dia já desejam ir embora, logo no início já percebe-se erros e equívocos, porém por não poder conversar com um companheiro, nunca se sabe se ele está gostando ou não, portanto todos acabam se submetendo a todo o processo. O budismo possui uma técnica parecida que a chamam de nobre silencio, para esvaziar o corpo. Os crentes precisam parar de serem estúpidos ao pensarem que algo aparentemente tão bom é algo perigoso. E quando uma seita irá falar que o que acontece ali é perigoso? Quando uma heresia se mostra como errada? Desculpe-me, mas é “burrice” pensar assim. 

Algo muito importante a ser dito é que sem música os organizadores teriam dificuldade de fazer o evento. A música tem um papel importantíssimo no encontro. Sabemos o quanto a música influencia em nossas emoções: Musicoterapia. Ali em momentos estratégicos, após ignorantes ministrações, apagam-se as luzes e com uma música apropriada e ligada ao tema da ministração as emoções vão “a mil”. Quanto mais descompensada é pessoa, mais está será influenciada: gritam, urram: Os maiores problemas do ser humano se afloram, evidenciando com a estrutura deste trabalho é hipnótica.

Além de todo “apetrecho” utilizado, algo muito comum nestes encontros são os jargões utilizados. Desde o “vire para seu irmão e diga” até o “só está começando” ou “isso é só o começo”, tudo como forma de inculcar as supostas benesses do evento. O jargão mais enfatizado nesses encontros, conta com a participação do dirigente (animador de torcida) e dos encontristas (ovelhas que vão ao matadouro). Ele diz: O encontro foi? E as tietes pentecostalizadas respondem: TREMENDO! Os encontristas também são orientandos a terem uma única resposta, quando lhes forem perguntados sobre o evento: Foi tremendo. (na verdade foi uma tremenda enganação).

Abaixo a chegada na igreja Batista Shalon, de um "Encontro com deus" em Abril de 2013

Futuramente postarei mais coisas sobre o que acontece no encontro. Por enquanto não gastarei mais tempo refutando. Mas gostaria que você refletisse a partir do acabou de ler e tire suas conclusões em Cristo Jesus. Quanto a mim, faço uso das palavras de Martinho Lutero caso você ache que eu estou equivocado.

A menos que vocês provem para mim pela Escritura e pela razão que eu estou enganado, eu não posso e não me retratarei. Minha consciência é cativa à Palavra de Deus. Ir contra a minha consciência não é nem correto nem seguro. Aqui permaneço eu. Não há nada mais que eu possa fazer. Que Deus me ajude. Amém.  (MARTINHO LUTERO)

10. Conheça as ministrações do “Encontro com Deus” no M.D.A. (NOVO)


Quem já foi no encontro sabe que trata-se de uma “overdose” de ministrações. De sexta a Domingo (3 dias) o encontrista se submeterá a receberem somente o que lhe forem entregue. Após uma chegada com fogos de artifício, o encontrista perde a noção do tempo (relógios e celulares são retirados), come em horários desregulados, e não vai ao banheiro somente acompanhado por um encontreiro. Caso fique com sono ou disperso um encontreiro logo se aproxima e diz: “Amado, aconteceu ou quer alguma coisa? Está com sono? Aconselho que levante-se e fique ao lado”. O encontrista precisando de algo é só chamar os encontreiros. Toda esta aparente solicitude e ambiente mais semelhante com a “caixa de Skiner”, ou o famoso condicionamento operante (pesquise para entender), é para dar a falsa sensação ao “pobre coitado” que foi lá, que agora sim tem alguém que se importa com ele. 

O tempo de três dias também foi minuciosamente pensado. Os cursilhos de Escrivá também eram três dias. Precisa ser sexta, sábado e domingo, pois fazem semelhança a morte de Cristo na sexta e sua ressurreição no domingo.

Aqui descreverei um encontro com Deus que é realizado segundo os moldes do M.D.A. Segue passo a passo das ministrações e de tudo o que acontece lá.

Primeira ministração: PENIEL (sexta à noite)
    https://www.youtube.com/watch?v=z8m0KRXwecc
  • Nesta primeira ministração a ênfase está no texto de Gênesis 32. A Transformação de Jacó para Israel. O palestrante com raso conhecimento bíblico enfatiza a necessidade de nos abrirmos para o que vem a seguir. No final da ministração as luzes são apagadas e cada um procura um lugar no auditório para falar à sós com Deus. 
  • Após a ministração mais instruções e o pacto do silêncio, em seguida todos vão jantar e todos são recolhidos para os dormitórios. Algo interessante é que nos dormitórios todos encontram sua cama (colchão no chão e roupas de cama que o encontrista leva) arrumada e um bombom lhe esperando. As malas desde a chegada, identificação e pagamento, ficam sob a responsabilidade do encontreiro que arruma a cama, identifica-a com etiqueta e a cada dia, deixam-na preparada para o próximo descanso do encontrista.

Segunda ministração: ENCONTRO COM O MUNDO, ENCONTRO COM DEUS (sábado de manhã)
https://www.youtube.com/watch?v=z8m0KRXwecc
  • Pela manhã todos são acordados com a música da Ludimila Feber “Ouço Deus me chamar”. Os
    que não acordam são acordados pelos sorridentes encontreiros. Após a higienização, todos vão ao auditório sob um jejum forçado e lá passam por uma sessão de adoração com fundo musical alto. A ministração com também quase que “zero” conteúdo bíblico e com maior ênfase em testemunho pessoal e muito autoritarismo, conduz os presentes a um emocionalismo que é abastecido pela alta música e gritaria ao microfone. Todos de pé, as cadeiras são retiradas. 
  • Todos recebem um colar “fuleira”, que segundo eles simboliza um novo coração, e sobre todos é colocado um manto vermelho e são orientados a passar a mão nele e continuar orando. 
  • Café da manhã e espera para próxima ministração


Terceira ministração: LIBERTAÇÃO (sábado de manhã) 
  • A cada nova ministração a ordem das cadeiras são alteradas e o encontrista sempre muda de
    https://www.youtube.com/watch?v=OyhqQIsxbLI
    localização no auditório.
  • Grande ênfase, assim como nas ministrações anteriores, no sexo oposto e de como o homem sente dificuldades com isso. A impressão é que a sexualidade é um demônio e que precisa ser repreendida.
  • Pregação voltada a quebra de maldições, sendo que, após demonstrações por slides e duma pregação voltada a erros de idolatria, nova era, mensagem subliminar, novelas, seitas, sexo anal, sexo oral, é feito uma sessão de “descarrego”. Tira-se as cadeiras e pede a todos que soltem os braços. Com um fundo musical sugestivo, e sob a orientação para relaxarem e não terem medo, segundo a ordem do pregador, o encontrista levanta sua mão, após a menção de pecados específicos, e encontreiros se dirigem até a pessoa para impor as mãos. 
  • Alguns supostamente ficam endemoniados e então acontece uma sessão de exorcismo.
  • Almoço e um período de descanso.

Quarta ministração: CURA INTERIOR (sábado a tarde) Aprox. às 15:00 h.
  • Com a falsa sensação de já estar liberto, a ênfase é que “ainda falta algo”.
  • Nesta ministração o foco está na falta de paz interior, enfermidades da alma, problemas físicos e mentais que são oriundos de uma palavra do passado, ódio, inveja, traumas, portas da inferioridade, portas da rejeição.
  • Como solução e como cura interior o palestrante diz que para a cura é preciso reconhecimento, confissão e depois a oração. 
  • Pela absurda falta de conteúdo bíblico o ministrante agarra-se num testemunho pessoal e em seguida, chega a sessão das confissões.
  • Com as luzes apagadas, cores avermelhadas que apontam a um objeto que se assemelha a arca da aliança, os encontreiros se posicionam á frente para receberem os encontristas de um a um para confissão de seus pecados. Tudo isso com som extremamente alto.
  • Café da manhã e espera para troca das cadeiras.

Quinta ministração: SONHOS (sábado a noite)  - aproximadamente às 19:00 h.



https://www.youtube.com/watch?v=OyhqQIsxbLI
  • Com a certeza de que pessoas ali foram “transformadas” por tudo que já aconteceu, é facultado aos presentes a oportunidade de testemunharem o que estavam sentindo, até o presente momento. 
  • Com palavras de efeito a exemplo de: Quantos já estão cheios? Quantos estão alegres? Quantos querem mais de Deus? Chega-se a quinta ministração.
  • A exemplo dos demais palestrantes que se igualam em ignorância Bíblica sobre diversos assuntos, esta ministração confunde sonhos/desejos aleatórios (como bens materiais), com aspirações, esperanças, expectativas necessárias para os seres humanos.
  • Usam indiscriminadamente a palavra “sofisma” com aplicações erradas.

  • https://www.youtube.com/watch?v=z8m0KRXwecc


    Acontece uma ilustração com uvas, na qual o diabo (uma pessoa caracterizada e com fundo musical apropriado) aparece e esmaga as uvas, representando o que ele (diabo) supostamente faz com os sonhos das pessoas.
  • Já com todos de pé, são orientados a irem a frente e cada um pega uma uva que simboliza seus sonhos. Em seguida oram com um fundo musical e todos são orientados a comerem a uva para que os sonhos sejam gerados dentro de cada um.
  • Acontece um intervalo de 10 minutos.

Sexta ministração: A CRUZ DE CRISTO (sábado a noite)
https://www.youtube.com/watch?v=OyhqQIsxbLI
https://www.youtube.com/watch?v=OyhqQIsxbLI
  • Com ênfase ao sacrifício de Jesus e na cruz, a intenção desta pregação fica para o final dela. 
  • A despeito da veracidade e do sacrifício de Cristo, o pregador comete erros que já foram condenados pela igreja como o Eutiquianismo. Disse que Jesus suou gostas de sangue, porque tinha o poder de conhecer o futuro. Negando assim o fato de que para ser o sacrifício perfeito ou cordeiro compatível, Jesus precisava esvaziar-se de si mesmo (João 17.5). Negou textos como: Jo 12.27; Hb 5.8,9; Jo 5.19 com esta afirmação.  
    https://www.youtube.com/watch?v=OyhqQIsxbLI
  • Após a ministração o ambiente é trabalhado. Pregos parecidos com os dos tempos de Cristo são passados de mão em mão, todo são orientados a orarem de joelhos, abrirem os braços e não abaixarem os mesmos, até que seja pedido. Com fortes dores nos braços pelos minutos que permanecem assim, os encontristas mesclam o choro da dor ao choro em pensar que provavelmente aquela fosse a dor que Jesus sentira. Quando um encontrista abaixa os braços por falta de forças, lá está um encontreiro que levanta-o novamente.
  • Em ato contínuo, todos recebem canetas e papeis com uma lista enorme de pecados. São advertidos a escreverem ali seus pecados e em seguida todos passam pela cruz e coloca-os na cruz em pregos que ali estão.
    https://www.youtube.com/watch?v=OyhqQIsxbLI
  • Após esta sessão, acontece a explicação da ressurreição e como sinal de alegria e com pouca luminosidade o recinto se transforma numa danceteria. Fazem "trenzinho" com jogos de luz e enfatizam que tal coisa é para os livres. 
  • Saem para a janta, banho e todos são recolhidos.

Sétima ministração: ORAÇÃO (domingo de manhã)
  • Ao som de “Ouço Deus me chamar” de Ludimila todos são apresentados novamente no auditório, para mais uma “bateria” de paranoia religiosa.
  • A ministração sobre oração é uma “salada” de textos bíblicos usados indevidamente, dado a “nésciosidade” do palestrante. Este faz afirmações grotescas acerca de I Co 14.15 e 28. Afirma que o segredo para uma vida cristã saudável é orarmos em todo tempo em línguas estranhas, não importando o momento, o local ou as circunstancias, desde que seja o balbuciar de línguas, uma vez que ao orarmos em línguas segundo o que ele entende biblicamente, estamos falando com Deus, e uma vez que levamos em conta que, a Bíblia manda orar em todo o tempo, segundo ele esta oração é em línguas, seja nos cultos ou no trabalho. 
  • Enfim, confundem Ef. 6.18 “orando em todo o tempo no Espírito”, que na verdade o texto fala da oração pela força do Espírito (letra maiúscula), com o espírito (letra minúscula) de I Co 14.15 que é o espírito do homem. O palestrante também faz questão de dar aos presentes, uma “palhinha” de línguas ou como é acostumado a fazer todo dia. 

Oitava ministração: NOVA VIDA EM CRISTO (domingo de manhã)

  • Este palestrante começa lendo II Co. 5.17 e pergunta se alguém ali tem problemas cardíacos ou problemas com fortes emoções. 
  • Mais uma vez é enfatizado que o encontro só está começando. Nesta palestra trabalha-se com as obras da carne e as obras do Espírito, segundo Gl 5.19-21. 
  • Após vagas palavras, pede-se a todos que abaixem suas cabeças e não abram os olhos. Então começa um teatro muito comum no movimento G12 e M.D.A. (https://www.youtube.com/watch?v=fhwryCWaRVA). Deus disputando com satanás a vida de uma pessoa. 
  • Com alto índice de emoção pairando no ar, com o diabo como protagonista, bomba que deixam a todos amedrontados, som altíssimo (rock pesado), e após uma grande batalha entre o bem o mal, a pessoa disputada fica liberta e tem a cabeça lavada com água.
  • Todos são orientados a se ajoelharem, e com as luzes apagadas e janelas fechadas, os encontreiros lavam todas as cabeças dos encontristas.
  • Enfim, acaba o pacto de silêncio e todos vão almoçar. (agora não restava mais dúvidas que todos, ou a maioria, já estavam fisgados; já não existe razão para o silêncio). 

Nona ministração: FINANÇAS (domingo a tarde) aproximadamente 15:30
  • Trabalha princípios das finanças e no final dá a “oportunidade” de todos contribuírem para o evento.
  • Com um fundo musical “meloso” uma cesta é colocada no palco e os encontristas se dirigem até lá para deixarem seu dinheiro.

Décima ministração: A VISÃO DO M.D.A.
  • O mesmo palestrante da ministração sobre sonhos, assume o microfone para conscientizar a todos sobre a visão M.D.A. 

Décima primeira ministração: SOMOS AMADOS
  • O Pastor responsável assume o microfone e de forma branda e calma, sentado em uma cadeira, fala aos presentes como são amados por outras pessoas. Conta experiências pessoais, levando a todos a sensibilizarem com o momento e a pensarem no quanto eram ou não amados. Numa aura de emocionalismo para o momento, todos são advertidos a fecharem os olhos e não abrirem não importando o que acontecesse. Os encontreiros então começam a deixar sobre os pés dos encontristas mochilas que mais tarde serão abertas.
  • Com a permissão do responsável, os encontristas, agora curiosos com o que via na frente, passam a abrir as mochilas e descobrem que são cartas e presentes de pessoas ligadas a família e amigos. (Tudo fora arquitetado previamente. Quando estes encontristas foram para o encontro, seus responsáveis tiveram a incumbência de junto a esposas e parentes coletarem presentes e cartas).
  • Aqui o evento encontra o ápice das emoções. Tudo o que provavelmente fora visto como equivoco, agora o menos abalizado, divinizará todo o evento. Pois ali ele sentiu o que provavelmente não sentiu na vida toda. Jovens se desmancham em lágrimas, velhos obreiros, que por sua formação rude, nunca receberam uma carta ou um presente de alguém, ali “entendem” que o encontro é algo realmente “divino”, pois tudo aquilo que queriam mesmo sem demonstrar durante a vida, foi ali que aconteceu.
  • Todos saem para um café enquanto o auditório é preparado para o “Grand Finale” ou a Hora final.

Décima segunda ministração: BATISMO COM ESPÍRITO SANTO
  • Ao retornarem do café, todos os encontreiros se encontravam ajoelhados em alto clamor em frente a uma arca deslocada da lateral onde estava, para ocupar o lugar central do palco. Os encontristas vão chegando e se localizando na parte detrás do recinto e pouco a pouco vão se acostumando com o ambiente e entrando no clima.
  • Os encontreiros se levantam e os encontristas são orientados a entrarem na roda para orarem. Com um fundo musical alto, o Pastor passa a orar em alta voz e o ambiente passa a mexer com a emoção das pessoas. Alguns pela novidade da arca se recusam a se ajoelharem, e logo são chamados a atenção de que não se adora a Deus de pé. Todos constrangidos e com as luzes apagadas passam a acharem o melhor local para se ajoelharem.
  • O Pastor percebendo ainda alguma resistência pede para que a música seja retirada, desafiando a todos que o motivo do mover do “espírito” não era pela música. Passado alguns momentos pede para que a música retorne.
  • Com a maioria já em clima de histeria, é feito uma espécie de túnel pelos encontreiros (como nas festas de são João), e os encontristas são orientados a passarem pelo meio deste túnel humano para receberem mais unção.
  • A partir deste momento, tudo é extravasado. As luzes foram acesas para que todos se sintam constrangidos a entram ali e os que passam pelo túnel são abraçados, tocados do alto da cabeça à planta dos pés, ungidos com muito óleo, e sob gritos ao “pé d’ouvido” saem pulando e falando em línguas. Alguns sentam-se, outros deitam e rolam em êxtase.
  • Enquanto estão passando pelo túnel, alguns palestrantes de posse de garrafas de óleo vão em pessoas escolhidas por eles para receberem algo especial. Ungem, passam a mão, abraçam, assopram na testa, etc.
  • O final de tudo isso são pessoas no chão, gritos, unção do riso, conversação em línguas estranhas e longos abraços e carícias dos jovens encontreiros.
  • Quando todos pensam que tudo acabou, os Pastores presentes são chamados a sentarem em cadeiras postas à frente, e baseado no número de pastores, encontreiros ajoelham-se em frente a estes homens para orarem, tiram seus sapatos e meias, ungem seus pés com óleo, devolvem meias e sapatos e o Pastor recebe um abraço misturado com palavras de “bênçãos”.
  • Já por volta das 21:00, com uma oração final, todos se dirigem aos ônibus para a apresentação das “novas criaturas” a igreja (promotora do evento) que os aguardam. 
  • Ao som de uma música tema, todos entram na igreja e são ovacionados pela igreja e pelos familiares que lá esperavam os “pobres” encontristas. Em seguida existe o momento de testemunhos, lágrimas, oração e todos são despedidos.
Para ver o vídeo do evento descrito, clique aqui 

Para ver o vídeo da chegada dos encontristas na igreja clique aqui. 

Abaixo a chegada na igreja Batista Shalon, de um "Encontro com deus" em Abril de 2013


Não gastarei tempo refutando a cada aberração vista nestas ministrações, pois levaria muito tempo. Mas gostaria que você refletisse a partir do acabou de ler e tire suas conclusões em Cristo Jesus. Quanto a mim, faço uso das palavras de Martinho Lutero caso você ache que eu estou equivocado.

A menos que vocês provem para mim pela Escritura e pela razão que eu estou enganado, eu não posso e não me retratarei. Minha consciência é cativa à Palavra de Deus. Ir contra a minha consciência não é nem correto nem seguro. Aqui permaneço eu. Não há nada mais que eu possa fazer. Que Deus me ajude. Amém.  (MARTINHO LUTERO)
11. Discipulado um a um, o que está por detrás desta aparente verdade Bíblica de cobertura espiritual.

Até quando, ó simples, amareis a simplicidade? E vós escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós insensatos, odiareis o conhecimento? Provérbios 1:22

Algo muito enfatizado na visão M.D.A., além do que já foi apresentado, é a questão da liderança que todos precisam se submeter. É dever de cada um ter uma cobertura espiritual. Utilizam-se de textos Bíblicos descolados e fora do contexto que aparentemente dão a ideia de que realmente isso é algo benéfico e divino. Porém na verdade esta cobertura tem uma outra finalidade: um direcionamento passivo para cada membro, uma vez que você não poderá ir contra sua liderança.

Afirmam-se como uma nova “face” da igreja. Levando a ideia de que qualquer um pode exercer liderança espiritual, ou ser um líder. Cuidado com isso. Jesus deixou pessoas especificas para cuidar da igreja. Deus levantou pastores, homens capacitados para cuidar do povo. Deus nunca deixou o cuidado da igreja, na mão da igreja, mas dos apóstolos especificamente escolhidos. Jesus nunca deixou o cuidado eclesiástico na mão do povo, mas de seus discípulos.

Olha o que acontece quando pega-se o ministério e coloca na mão do povo. Este é um dos trabalhos da igreja da paz de Santarem, igreja que era pastoreada pelo Pr. Abe Huber: 

Em sua apostila Abe Huber diz: “...ninguém pode abusar da autoridade a ele conferida”. Se referindo ao líder e a obediência passiva que o discípulo precisa ter, na verdade ele está fechando um cerco. Este elo, ou esta ligação submissa, faz com que automaticamente todos estejam envolvidos de uma forma cega e sem reflexão. Mesmo que seu discipulador seja um menino na fé, ou leigo, você no máximo poderá ir ao discipulador do seu discipulador, mas nunca quebrar a corrente montada. Basta o do topo falar e todos irão obedecer. E não ache que no topo está você Pastor, porque na verdade quem manda neste caso é a cúpula do MDA.

Vamos encontrar este método de elo, em Josemaría Escrivá o criador da Opus Dei.  Em 1939 ele publicou um livro chamado “caminho”. Este livro revelava o projeto espiritual de Josemaría e do Opus Dei. Falava de caráter, oração e tática, sem se esquecerem da privacidade quase que absoluta do grupo e do que ali faziam. Um livro com 999 sentenças ou pontos de reflexão. Veja alguns:
941 – Obediência um caminho seguro. Obedecer cegamente o superior é caminho de santidade.
643 – Não exiba facilmente a intimidade do seu apostolado. Não ves que o mundo esta cheio de incompreensões egoístas? (ESCRIVÁ)

Ou seja, uma das técnicas deste Padre é criar um ambiente seguro, sem reflexões, muito sigilo, e acima de tudo, uma forma de blindar os líderes maiores de falarem exatamente o que é aquilo. Tudo a partir de uma explicação aparentemente coerente. Jesus não veio apresentar algo que deveria ser obscuro. Ele é a luz do mundo. Claridade em tudo, sempre foi o objetivo de Jesus. Lc 8.17.

Vamos verificar um pouco mais o que a apostila do centro de treinamento de líderes de Abe diz sobre discipulado: 

As vezes, acontece que um irmão mais antigo na fé de repente se encontra debaixo da cobertura espiritual (na hierarquia da Célula) de alguém bem menos experimentado, ou que até conhece menos da Palavra de Deus. E aí? Normalmente a vontade de Deus é que este irmão (que é mais experimentado, etc) se humilhe debaixo da soberania de Deus e seja discipulado pelo irmão menos experiente. Deus vai usar estes momentos para tratar profundamente com o ego de todos os dois, e ajuda-los a crescerem ainda mais. Lembre-se: Discipulador não é discípulo que escolhe. É Deus! (HUBER, 2012)

Em outras palavras, você não tem o “direito” de escolher o seu discipulador. E precisará se submeter a pessoas néscias e que não possuem bagagem nem maturidade Cristã. Agora eu pergunto. Qual a base bíblica para isso? Você viu Timóteo discipulando a Paulo, ou João Marcos discipulando a Pedro? Você não percebe que tem algo por detrás disto?

Aqui esta uma imposição clara. Toda organização sabe que para crescer e se alastrar precisa do comprometimento de seus adeptos. Aqui não é diferente. Nosso irmãos mais velhos, tem sido coagidos dentro da igreja e são chamados de insubmissos e orgulhos, por não se submeterem ao discipulado de neófitos da fé. As vezes pessoas que possuem pouquíssimo tempo de crente estão discipulando anciãos na igreja. Não é isso que vemos biblicamente. Olhe o caso dos anciãos, ou presbíteros que eram colocados na igreja, eram pessoas idôneas e experientes. Diferentemente no caso do chamado Pastoral. A exemplo disto temos Timóteo, que solteiro pastoreou a igreja em Éfeso, porém fora advertido a saber trabalhar com os presbíteros. 

A Bíblia aqui é usada como pretexto. Imagine o que será da igreja daqui a uns anos quando as pessoas idôneas ao invés de instruir as que vão chegando, agora são os néscios que discipulam os mais velhos. E mais, Abe ainda diz... “O importante é lembrar que nada serve de desculpa para você não se submeter alegremente ao discipulador que Deus na Sua sabedoria colocou sobre você.”

Biblicamente vamos ver a importância do estudo para o exercício do ministério. Jesus se preparou 30 anos para exercer um ministério de 3, Moisés se preparou 80 anos para exercer um ministério de 40, Paulo também se preparou muito tempo para ir ao campo, assim como  muitos outros. Em nossas igrejas, uma pessoa passava um bom tempo se preparando para exercer um ministério ou para ensinar. Paulo sempre condenou a falta de preparo. Mas na visão M.D.A. com a prerrogativa que todos podem ser líderes, muitos tem ocupado de liderança espiritual (pastorado – pastorear é exercer liderança espiritual) sem serem chamadas ou sem serem preparadas.  Se você que está lendo isto diz, mas o Pastor está observando, então você é mais “inocente” do que imaginas. Quando isto toma proporções maiores, não existe controle. E o resultado é palhaçada, invencionices, e crentes machucados.

Na visão, o importante para exercer uma liderança espiritual sobre outro, não é sua índole, ou seu chamado, basta ser obediente ao seu superior. Meu irmão isso é doutrina do Hare Krishna. Observe Atos 6.3 “Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio.” Veja a necessidade de se ter pessoas preparadas e veja que aqui não existe imposição. Não estou falando de chamado para salvação, mas para o ministério. Se não fizermos algo, II Tm 3.6 continuará se cumprindo em nossos dias: “São esses os que se introduzem pelas casas e conquistam mulheres instáveis sobrecarregadas de pecados, as quais se deixam levar por toda espécie de desejos”.

Na visão do M.D.A. cada cristão deve estar sendo e fazendo discípulos (a ideia Bíblica é outra, já falaremos), participar de uma célula, abraçar a visão da igreja local, buscar a unidade da igreja mundial e colocar em primeiro lugar o reino de Deus. Você praticamente é obrigado a tudo. E aqui percebemos a obrigatoriedade da visão e no final o “buscar o reino de Deus”.  Acontece com o M.D.A. a mesma coisa que acontece com o sistema de pirâmide. O povo é atraído pelo dinheiro, pela vontade de ficar rico. Agora siga esta mesma dinâmica na igreja. O que mais um pastor quer? Ele quer crescimento na sua igreja. É por isso que o M.D.A. tem entrado, porque ele inicia não com as ovelhas, mas com os Pastores. Pela “ganancia” em ver o crescimento e o fruto do seu trabalho, os pastores tem entrado de cabeça neste sistema. De uma olhada neste quadro abaixo da apostila.

Fonte: http://dc380.4shared.com/doc/wAgyQ5xa/preview.html


É nítido que o sistema todo se resume a regras e formulas, como se o reino de Deus fosse uma formula mágica. Sendo assim o êxito ou a conversão não está mais no Espirito Santo, mas no seguir rigorosamente as regras do modelo MDA. Como: cumpra isso e tenha resultados. O contrário também se aplica ao modelo. Quando não se vê os resultados, achamos que o problema está na fórmula ou no líder. O Pastor Ciro Sanches Zibordi em seu blog disse: 

Jesus sempre prezou a liberdade do ser humano. Vemos isso claramente na parábola do semeador (Mt 13). Este saiu a semear, e uma parte da semente caiu à beira do caminho, outra, entre os espinhos, outra, entre os pedregais, e outra, em boa terra. Apenas 1/4 — ou 25% — do que foi semeado prosperou (v. 8). Ou seja, digamos que dentre 400 pessoas que receberam a Palavra do Senhor, durante algum tempo, apenas 100 delas permaneceram firmes, obedientes à sã doutrina. Mas veja que interessante. Jesus não disse que o semeador é o culpado pelos 3/4 que não produziram. Ele não afirmou, por assim dizer, que a maioria se desviou por falta de discipulado! Na verdade, o Mestre deixou claro que a nós, pregadores do Evangelho, cabe pregar e ensinar a verdade, e as pessoas que nos ouvem são responsáveis diante de Deus, uma vez que já receberam a “boa semente” (Mt 13.18-23). http://cirozibordi.blogspot.com.br/2014/02/o-discipulo-de-cristo-e-o-discipulado.html

Quer ainda ver coisas mais absurdas? Deus nos obriga a alguma coisa? A bíblia sempre primou pela liberdade e sempre pregou a liberdade e o livre arbítrio. Porém na visão M.D.A. as pessoas não são livres para escolherem seus líderes. Veja.
Fonte: http://dc380.4shared.com/doc/wAgyQ5xa/preview.html

Percebes a maquinação por detrás? A aparente bondade e mansidão primária se transformam num jogo de imposição ditatorial. 

Mas ainda tem mais. Você verá nesta mesma apostila do Pastor Abe Huber ele colocando no lixo, todo investimento que as igrejas fizeram até hoje com relação ao cuidado pastoral e no treinamento de novos líderes. 

Fonte: http://dc380.4shared.com/doc/wAgyQ5xa/preview.html








Aqui ele faz afirmações ainda mais fortes. Segundo a pesquisa do Dr. Carl, porém com aprovação ou simpatização dele (pois tal pesquisa se encontra em sua apostila). Ele afirma que NENHUM líder foi produzido pelos púlpitos em reuniões públicas de ensino ou pregação. Ele está dizendo que nenhum líder até hoje das igrejas tradicionais ou pentecostais fora produzido por Escolas Bíblicas, Simpósios, Palestras, Cultos, etc. Percebeu? E nossos seminários teológicos? Seminários como IBAD, que existe a mais de meio século, ou escolas como EETAD, SETAD, IBADERJ, FAETAD, ou ainda instituições de outras denominações que trabalham o ensino teológico. Nenhum tem valor? Ainda diz que NENHUM líder foi produzido pelas Escolas Dominicais que até hoje funcionam em nossas igrejas. Você entendeu isso? Concorda? A EBD não gerou frutos? “Robert Kalley deve ter se mexido no túmulo”. 

12. Cobertura Espiritual e confissão de pecados, a Verdade Bíblica.

Se você chegou até aqui, acredito que você terá a coragem de ver até o final. Veremos o que a Bíblia fala sobre cobertura espiritual.

Paulo mostra que a relação dele era com Jesus. Não foi com um apostolo, não teve um discipulador, o que teve foi uma orientação por Barnabé. Sobre os detalhes desta orientação a Bíblia se cala, evidenciando assim a falta de interesse da Bíblia pelo assunto. A relação de Barnabé com Saulo é a relação que a Bíblia nos orienta quanto aos que vão chegando para caminhar na fé conosco, orienta-los como bebes recém-nascidos e com o passar dos dias ir dando alimento mais sólido. Não vejo Jesus dizendo para João discipular Pedro, ou para Tomé discipular Judas, ou para Tiago discipular Bartolomeu. Nada de confessionário pessoal ou particular. Se fossemos seguir a risca o que Abe Huber fala quanto a proibição de nos separarmos do discipulador, como explicaríamos o fato de que Paulo discordou de Barnabé a acabaram se separando? 

A Bíblia diz, “eis que vos envio como ovelhas para o meio dos lobos”. Não diz nada sobre cobertura espiritual. O evangelho é nossa cobertura. Fico me perguntando nesta visão do M.D.A. como um crente em Jesus que mora sozinho num lugar longínquo faria? Ele estaria sem cobertura espiritual? Estaria ele sem a benção divina? Pelo amor de Deus. Jesus é nosso mediador. Ele é nosso acesso a Deus, e não um discipulador.

12.1. Confissão de pecados segundo a Bíblia


O Pr. Abe Huber usa o texto de Tiago 5.16 para fazer suas afirmações sobre a necessidade de cada um ter um discipulador para que cada discípulo possa se confessar. E ainda possuem um jargão: Quem confessa tentação, não confessa pecado! Meu Deus! Para estes, tenho um texto para meditação.

Mas agora, conhecendo a Deus, ou melhor, sendo por ele conhecidos, como é que estão voltando àqueles mesmos princípios elementares, fracos e sem poder? Querem ser escravizados por eles outra vez?” Gálatas 4:9.

Percebe-se a tamanha falta de compreensão bíblica, hermenêutica e exegética, o esticamente e forçação “de barra” num texto que não quer dizer nada disto. O Pr. Abe tira completamente o texto do contexto e aplica de forma forçada ao que lhe convém. Para nossa compreensão vamos para o que o Dr. Douglas J. Moo, professor de Novo Testamento na Trinty Evangelical Divinity Scholl, diz quando faz seu comentário de Tiago. Ele diz que acima de tudo precisamos analisar todo o contexto e que o versículo 16 aqui referido trata-se de uma resposta a promessa de Deus de responder a oração. Para isso é preciso confessar uns aos outros. Tiago está dizendo que a mútua confissão de pecados incentiva a prática habitual e é benéfica para a vitalidade espiritual da igreja.

Mas, de que pecados estamos falando? Que o irmão olhou para a mulher do outro? Que o jovem tem a prática da masturbação? Que o discípulo desejou a mulher do discipulador? Que a irmã tem sonhos eróticos? Que a pessoa tem desejos de morte? Imagine o que não será de uma igreja, onde tais pecados são trabalhados deforma tão leviana por discipuladores inexperientes e místicos. Imagine que uma vez que este ciclo é iniciado dificilmente volta atrás, pois ninguém desejará se desvincular de seu líder, pois este conhece todos os seus “podres”; Pronto! Todos caíram na rede. Este ambiente é mais do que propício para estratagema do mal, leviandade, lascívia, maquinação de pensamentos eróticos, borbulhação de homossexualismo, etc. Então, de que pecados Tiago fala?

Os versículos anteriores deixam claro de que pecados se tratam. Tiago está falando dos pecados que podem ter causado a doença que levou ao chamamento do presbítero. Apesar de alguns trabalharem ou acreditar que tal cura venha de questões espirituais, quando vemos no texto original, a palavra cura “iaomai” consistentemente é aplicada para aflições físicas. Trabalhando aspectos psicológicos, não podemos negar que muitas pessoas acabam sofrendo no físico, aquilo que é uma doença na sua alma. Muitos por problemas de discórdias, amargura, ou brigas, acabam desenvolvendo doenças, como resultado da falta de comunhão e de acerto entre os irmãos. Aqui é como se fosse uma roda familiar ou numa terapia de grupo, na qual por muito tempo as pessoas não se conversam ou desenvolveram problemas psicossomáticos por pecados e práticas erradas, e ali começam a colocarem os pingos nos “is”; ou seja, abrindo os corações para que pela exposição de seus erros, haja paz e cura de sua enfermidade física, que na verdade tem como causa seus erros. 

Portanto, uma vez que o propósito da confissão e oração é a cura física, é melhor entender a confissão como estando a envolver quaisquer pecados que possam colocar obstáculo à cura, e as orações como sendo especificamente em favor da cura das aflições corporais. Com tal explicação do texto, fica claro que o “discipulado um a um” de Abe Huber, fere completamente a essência do texto e sua aplicação. Ei irmão, só uma lembrança: O véu do templo já se rasgou!

Nas páginas 114 e 115 do referido livro do Pr. Abe Huber ele diz: 

Poderia usar o exemplo de pessoas que tem o hábito de falar mal dos outros. Elas prometem a Deus não falar mais assim mas numa oportunidade em que têm que escolher entre ficarem quietas ou falar dos outros, acabam ressurgindo o pecado. Ou então, o exemplo de quem tem dificuldades com os olhos. Ele chega a casa e todos já estão dormindo. Então ele liga a televisão ou entra na Internet para ver as notícias, mas numa propaganda, vê uma mulher bonita, com apelo para a sensualidade. Ao invés de mudar de canal ou sair daquele site, ele fica olhando. Ele bebe uma pouco daquela fonte de impureza, o que gera em seu espírito a sensação desagradável do pecado. Ele se arrepende e pede perdão a Deus. E Deus o perdoa, conforme nos é dito em I João 1.19. Passa algum tempo e este fato acontece de novo. Mas agora ele fica um pouco mais olhando aquilo e, talvez segue olhando o filme que vem depois, como mais cenas de sensualidade. Ele bebe mais um pouco daquela mesma fonte. Novamente vai e pede perdão a Deus por ter deixado que, pelos seus olhos, entrasse a impureza. Deus perdoa novamente. O problema é que isto poderá piorar para pecados que geram consequências cada vez mais graves. Se este homem cometer mil vezes o mesmo pecado e mil vezes pedir perdão a Deus, o Senhor o irá perdoar, por causa do sangue de Cristo e de sua palavra, [...]. Mas Deus não quer que isto continue assim. (HUBER, 2012)

Esta exposição esboça a podridão e o ciclo vicioso que estão em nossas igrejas. Um maior problema é acreditar que tudo isso será resolvido quando eu me confessar à alguém. Meus queridos, a transformação e cura vem pela Palavra. Muitas igrejas tem pregado tradição, dogmas, usos e costumes, um besteirol sem limites e não tem visto resultado e depois acredita que isto será a salvação de todos os crentes; pelo amor de Deus! Prega a palavra pura e simples e você verá a transformação que cada um buscará em Deus. Veja só a incoerência e o cúmulo da hipocrisia: Numa igreja, se o Pastor ouvir a confissão de um crente que ele “pulou a cerca”, ou que se masturbou ou coisa do gênero, automaticamente já coloca a pessoa em disciplina, leva o caso para a reunião, expõe para a igreja e assim por diante (o que não concordo). No discipulado “um a um”, quando alguém confessa (e não serão poucos os pecados), tudo fica como está, o tratamento é outro. Parece até uma piada.

Não acredito que a primeira ou a segunda forma estejam corretas. Acredito que a Palavra purifica, molda, transforma e exorta. A transformação acontece de dentro para fora e não ao contrário. Tudo isso é a demonstração fiel de como muitos Pastores estão equivocados e pregando um evangelho particular e baseado na sua forma mesquinha de analisar a Bíblia e o evangelho. A Bíblia nos informa que a forma de sermos curados é seguirmos os passos de Jesus, ou fazermos o que ele fez, andarmos pisando em suas pisadas. “E pelas suas pisadoras fomos sarados” Isaías 53:5. Outro caso a se pensar é a grande ênfase de pecados de ordem sexual. Todo líder espera ouvir problemas sexuais e até forçam seus discípulos a confessarem isto. O que mais é falado nos livros do M.D.A. no diz respeito a confissão são questões eróticas e sexuais. Isto revela a pobreza intelectual, teológica e do evangelho que estes homens possuem. Na verdade o que mais lhes afligem são tais problemas, eles provavelmente vivem com esta “maquinação”. Ainda não foram libertos por Jesus e vivem se confessando uns aos outros. Isto é macabro e insuportável para um ser humano. “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Outro texto que usam para fundamentar o carro chefe do M.D.A. (o discipulado um a um) é versículo que está em Mateus 28.19 “Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”. Aqui se agarram na certeza de que tal texto sublima a ideia do discipulado como estipularam. Você não percebe que assim como qualquer movimento repetido na história, todos precisam de um diferencial atrativo e que pareça bíblico?

De acordo com o Professor R. V. G. Tasker, no texto de Mateus 28.19 a palavra discípulo no grego é “matheteuo”. É encontrada também em Mateus 27.57. “E, vinda já a tarde, chegou um homem rico, de Arimatéia, por nome José, que também era discípulo de Jesus”. A tradução do discípulo nestes textos é “aprendiz de”. Quando Jesus nos manda ir (ide) e fazei discípulos, precisamos entender que: 1. O “ide” está no gerúndio, ou seja, “indo”; é um ato continuado. 2. Fazer discípulos a quem? Os discípulos são de Jesus. Somente pregamos, instruímos e fazemos discípulos de Jesus ou para Jesus. Não se trata do que tão comumente ouvimos no M.D.A.: O discipulador diz “meu discípulo” ou o discípulo diz “meu discipulador”. Como se ser discípulo é ser de uma pessoa que a mim fora imposta por um superior. Meu Deus! Fazer discípulos, é sair de nosso comodismo e anunciar o evangelho nos bairros, nas casas, na internet, nas cidades, é fazer menos shows e ter mais amizades e comunhão para ministrarmos, é não estarmos engessados com lugares, mas abraçar a todos em qualquer lugar, é fazer menos prédios e termos mais companheirismo, é dar o exemplo de como amamos a Jesus através de nossos atos, é priorizamos as pessoas como são, ao invés de priorizarmos prédios e angariação de fundos para benefícios denominacionais, fazer discípulo é amar ao próximo, é liberta-lo da culpa do pecado pela cruz, fazer discípulos é servir, é enviar outros, é fazer menos festas e darmos mais instruções a cada um em sua profissão, para que o padeiro seja um professor do evangelho, que o médico seja um pacificador, para que a criança seja um profeta da salvação, que a professora seja uma evangelizadora, para que o operário seja um apascentador. Enfim, como Jesus fez, como Paulo fez, como os apóstolos fizeram. Esta é nossa missão, este é nosso chamado: amar, libertar, servir e ir onde se fazer necessário: Isto é fazer discípulo, isto é ser IGREJA, e não este reduto pregado pelo Abe Huber, esta bolha exclusiva de proliferação de doenças na alma do “discipulado um a um” do M.D.A. Minha oração é que você se liberte em nome de Jesus.

13. Conclusão

Creio que o trabalho em células pode ser feito com eficácia e com conteúdo bíblico, porém acredito que cada igreja poderá desenvolver a melhor forma de trabalho, baseado nas afirmações Bíblicas. Mas caso você queira insistir com a visão M.D.A. veja o futuro da sua igreja abaixo. Todas estas fotos são igrejas que possuem a visão.
https://www.youtube.com/watch?v=eNKC9ao3yw4
https://www.youtube.com/watch?v=mTM_5bdj4_U&list=UUBA_grIIf8cKclbeN7MDI7Q

https://www.youtube.com/watch?v=mTM_5bdj4_U&list=UUBA_grIIf8cKclbeN7MDI7Q


Fonte: http://igshalon.com
14. Referências

Bíblia Sagrada

BORCHET, Otto. O Jesus Histórico. Ed. Vida Nova, 1985

CASTELLANOS, César. Sonha e ganharás o mundo. São Paulo. Palavra da Fé,1999.

FEIJÃO, Rone. Grupo de evangelismo: A plataforma para o crescimento da igreja. Fortaleza: Mda Publicações, 2012. 128 p.

FERREIRA, Franklin; MYATT, Alan. Teologia Sistematica: uma análise histórica, bíblica e apologética para o contexto atual. São Paulo: Vida Nova, 2007. 1218 p.

FRANÇA, Cami. G12: Conheça e saiba o que é este controverso modelo de igrejas evangélicas. 2011. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014.

GOMES, Adílio S.. Rompimento entre Terra Nova e Castellanos. 2011. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014.

GRUDEN, Wayne. Teologia Sistemática. Ed. Vida Nova, 1999

HUBER, Abe. A importância da igreja local na visão do mda: um pouco da gênese do mda. 2013. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014.

___________. Discipulado um a um: Crescimento com qualidade. 2. ed. Fortaleza: Mda Publicações, 2012. 242 p.

HUBER, Abe; GOMES, Ivanildo. Treinamento de líderes de células. Fortaleza: Mda Publicações, 2010. 152 p.

KIVITZ, Ed René. Quebrando Paradigmas. São Paulo: Abba Press, 2007. 100 p.

LUND, E.; NELSON, P. C.. Hermenêutica. São Paulo: Vida, 2005. 126 p.

Movimento cursilhos da cristandade. 2011. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014.

MDA. A Visão MDA: http://www.visaomda.com/a-visao-mda/. 2014. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014.

MOO, Douglas J.. Tiago: Introdução e comentário. São Paulo: Vida Nova, 1980. 190 p.

OLIVEIRA, Raimundo de. Seitas e Heresias. Rio de Janeiro: Cpad, 2002. 254 p.

FIGUEIREDO, Onezio. Os Segredos do G12. São Paulo: Cultura Cristã, 2001.

ROMEIRO, Paulo. Super Crentes: O evangelho segundo Kenneth Hagin, Valnice Milhomens e os profetas da prosperidade. São Paulo: Mundo Cristão, 2007. 109 p.

ROSA, Isaías. Cristologia: Jesus, o Deus que se fez homem e habitou entre nós. Pindamonhangaba: Ibad, 2006. 152 p.

TASKER, R. V. G.. Mateus: Introdução e comentário. São Paulo: Vida Nova, 1980. 230 p.

WANDER, Robson. Religiões, seitas e heresias: À luz da palavra de Deus. Pindamonhagaba: Ibad, 2009. 207 p.

ZIBORDI, Ciro Sanches. O “discípulo” do MDA e o discípulo de Cristo. 2014. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2014.


Vídeos

Visão celular_A verdadeira origem_Do Opus Dei ao M.D.A: https://www.youtube.com/watch?v=XAynb-ZGFgw

Festa das células mda - igreja da paz - fortaleza: https://www.youtube.com/watch?v=KmhzPVu9mrE


Tràgico Testimonio de Ex G12 Ambar Diaz:  https://www.youtube.com/watch?v=lhdeEurVl8k

Vídeo de chegada dos encontristas: https://www.facebook.com/photo.php?v=583109611800332

Testimonio de Ex lideres G12: https://www.youtube.com/watch?v=FQkvX7iArqQ

Teatro do 3º Encontro com Deus da rede Piedade e Paixãohttps://www.youtube.com/watch?v=fhwryCWaRVA

La Manipulación de la secta G12: https://www.youtube.com/watch?v=vvCWz4jvoZs


Cursilhos de Cristandade: 50 anos em Portugal: https://www.youtube.com/watch?v=BtRgxljgo4M

La verdad oculta detras del g12: https://www.youtube.com/watch?v=_rUKgyTFlik

Pr. Abe Huber fala sobre os 15 anos da Visão MDA: https://www.youtube.com/watch?v=zVSv3wJ7DME&feature=youtu.be

Encontro face a face com Deus para Homens na Shalon Paranavaí: https://www.youtube.com/watch?v=z8m0KRXwecc

Eternos radicais igreja da paz santarem: https://www.youtube.com/watch?v=FBdh3wKyWrs



Comente com o Facebook:

282 comentários:

  1. Li todo o texto. Demorei uma hora para terminar minha leitura, e, realmente, cheguei a conclusão de que eu estive numa farsa chamada MDA, misturada por diversas visões que angariam multidões de pastores e igrejas pelo mundo. A questão do "encontro com Deus " foi a mais reflexiva no decorrer desta leitura. Já fui a este evento, e, sinceramente, não vi nada de tremendo e surreal. Eu tinha 16 anos, e, num primeiro momento, sofri uma lavagem cerebral para dizer a todos que o encontro foi: tremendo. Tremenda enganação! Vários moleques da minha idade e até mais novos que eu na época (hoje tenho 21), eu via eles falarem besteiras no banheiro, e até palavrões. Fui um dos que deram o testemunho na Igreja da Paz de Boa Vista, naquele momento, eu estava contagiado pela emoção. Fui orientado (o meu líder falou bem baixinho no meu ouvido: "não fala tudo") a não falar demais, já que meu discurso sobre a "tremendidade do encontro" estava ficando longo, o que poderia comprometer a visão do MDA, pensei até em falar daqueles moleques. Enfim, este artigo só me fez entender e ter certeza do que sempre desconfiei. Tudo isso é uma tremenda enganação, com muita base humana, e pouca bíblica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É irmão, acho que foi enganado mesmo! O pior é que foi enganado por si mesmo. Não li o texto acima, demasiado longo, porém em seu comentário posso opinar da seguinte forma: * Não é só no Encontro ou qualquer outro evento de natureza espiritual, se você não sabe para o que foi, nem está disposto a mudar, dificilmente irá ocorrer algo tão tremendo ou surreal quanto diz, já que o Espírito de Deus é uma pessoa gentil, só agirá se você mesmo permitir. * Sofreu lavagem cerebral porque permitiu, não podemos, e Cristo mesmo não nos tira nossa identidade, aquilo que somos, e mais uma vez, o convencimento da verdade, da justiça e do juízo vem do Espírito Santo; * Brother, se formos mensurar a eficácia do Encontro ou qualquer outro retiro espiritual por pessoas como os "outros moleques que falam besteira no banheiro e até palavrões" estaremos perdidos, porque, assim como você admite que não teve efeito positivo em sua vida - e agora você mesmo responde que foi induzido, por emoções e não por um encontro real com Cristo, não num retiro, mas sim, da mesma forma como Paulo teve, tem outros tantos hoje mesmo nessa mesmíssima situação - pode crer.
      Enfim, não é o Encontro que muda, não há retiro ou fórmulas mágicas, tudo isso que vivemos hoje, do que chamam de Visão, Modelo, ou qualquer outro nome, são apenas estratégias para se alcançar pessoas para o Reino! Quem realmente quer mudança irá se entregar a Cristo, e será Templo do Espírito Santo, básico né, sem firulas e sem enganação, essa é a beleza da Salvação em Cristo, Ele não promete algo que não vai cumprir e não existem letras miúdas.

      Deus o abençoe.

      Excluir
    2. Dar opinião sem ler o texto "completo", é de preguiçoso. *Com todo respeito irmão.

      Excluir
    3. Não ler o texto e dar opinião, já não caracteriza estar tbm manipulado e com a lavagem cerebral?
      Muitos perecerão por não aceitarem a verdade.
      Que a Graça e Misericórdia do Senhor seja com todos nós...

      Excluir
    4. Não é preciso ler todo o texto para dar sua opinião sobre um assunto, afinal o autor da matéria não tem o monopólio da verdade.
      Outra coisa, o autor criticou o pastor David Yonggi Cho? Me diga uma coisa meu amigo. Vc já é formado em teologia? Quantos membros sua igreja tem? Quantas igrejas vc ja abriu? Só dessa maneira já descarto as baboseiras que vc vomitou. Saiba de uma coisa, vc dará conta de tudo o que disse e de todos que está confundindo.
      A Palavra de Deus é bem clara: "ai daquele por quem vier o escândalo." Lucas 17:1

      Excluir
    5. Esse negócio de quantas igrejas vc já abriu foi tenso demais kkkkk.... tem alguns aí abrindo igreja pra todo lado... deve ser "discípulo " deles

      Excluir
    6. Abrir igrejas ? kkkkk Jesus fundou a Igreja, corpo dEle, há mais de 2 mil anos. O que vemos aí são denominações/placas com CNPJ que Ele nunca mandou fundar. Essas foram fundadas por Constantino no século II. Evangélicos abrem 14 mil denominações por ano. São 14 mil denominações (placas, CNPJ's, com estatutos e regimentos internos) por ano e cada dono diz que foi o Espírito Santo que o direcionou para ter um ministério(Placa, CNPJ). Gostaria de saber: Que espírito é esse que divide doutrinas, declarações de fé, estatutos, visões de crescimento, modelos episcopais, a ponto de deixá-los tão diferentes uns dos outros ?

      Excluir
    7. E cada fundador tem uma linda história pra contar, dizendo que foi Deus que colocou no seu coração o desejo de abrir uma denominação. Agora pergunto como Paulo: Está Cristo dividido ? "Com isso quero dizer que cada um de vocês afirma: "Eu sou de Paulo"; "eu de Apolo"; "eu de Pedro"; e "eu de Cristo". Acaso Cristo está dividido?" - 1 Coríntios 1:12,13

      Excluir
    8. Meus Deus! o negócio de abrir igreja foi o pior! Me diga uma coisa como funciona esse negócio de abrir igreja? ahhh já sei vc pega as pessoas e faz autópicia nela? ta claro que uma pessoa que usa o linguajar "Abrir igreja" não tem a revelação do que é igreja.

      Ahhh mas tem alguns que ainda dizem: Eu sei que igreja somos nós, mas o templo é "casa do Senhor".. Deus não habita em templo feito por mãos humanas. E pelo amor de Deus.. o cara que escreveu essa matéria não disse que é contra as céluas e sim as humanice nessas visões sem parametro biblico.

      Excluir
    9. Osmar vc teve a resposta mais coerente...

      Excluir
    10. Osmar vc teve a resposta mais coerente...

      Excluir
    11. MDS que texto ridículo... O encontro com Deus não é nada de super secreto meus amados, ele só não é tão mencionado para deixar a curiosidade e a pessoa buscar o seu próprio encontro com Deus e pelo o que sei tem material sim para distribuição a outras igrejas... O porque do cuidado um a um? Eu estou envolvida nessa visão a 6 anos, me converti dentro dela e vejo o coração dos meus líderes e conheço minhas motivações, o objetivo é cuidar bem de cada pessoa e ver cada um sendo transformado.. Ao contrário do que se aponta no texto, sabemos que existem sim pessoas que passam a ter um encontro genuíno com o Senhor sem nunca ter feito o encontro com Deus, sinceramente não sei de onde tiraram essas ideias, sei que o MDA surgiu no coração do meu pastor Abe Huber e ele não prega isso que foi mencionado acima, pelo contrário... Tenho certeza que você não conhece essa visão de perto, não sentou para conversar com esses líderes apaixonados por vidas por caso o tivesse feito não estaria falando tais bobagens... Espero que você meu amado também esteja aberto para mudanças de mentalidade e tentar entender o REAL motivo do MDA! Porque se os olhos forem bons, todo o resto tbm será! Fiquem na paz meus amados irmãos... Somos um só corpo, agimos de diversas formas com um único objetivo... Não existe uma única maneira de ganhar vidas, mas com certeza está não está fora do que ensina a palavra... 😘😘

      Excluir
    12. Pensei da mesma maneira... Ainda bem q achei teu comentário, do contrário iria falar as mesmas coisas.... Tem gente que chama a visão de "porcaria do diabo"... Não vim aqui para discutir nem nada, pq simplesmente não da pra debater pela net... mas face a face, estou disposto a compartilhar as ideias que REALMENTE fundamentam a visão do MDA, não esses "achismos" do autor e embasamento fraco....

      Fiquem na paz!!!

      Excluir
    13. O povo perece por falta de conhecimento.
      O cara é consumido pela inveja é escreve tanta besteira.
      O MDA é um modelo que tem salvado milhões de almas, tem construído uma base sólida nas igrejas.
      Ao invés de criticar, os irmãos que apóiam isso deveriam orar e parar de se acharem superespirituais.
      Vamos viver a simplicidade do Evangelho, e deixar de hipocrisia, é uma falácia danada, pessoas financiando sem saber o crescimento da igreja, Jesus condenava isso.
      Esse discurso contra o MDA é um discurso fariseu.

      Excluir
  2. É uma grande lavagem cerebral. Uma bela porcaria do diabo! !! Abram os olhos a tempo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a pior blasfêmia é aquela em que atribuímos o que é de Deus ao diabo, se não temos segurança naquilo que falamos, temos que tomar cuidado com as nossas palavras, pois é por elas que seremos julgados. Deus lhe dê graças e entendimento.

      Excluir
    2. a pior blasfêmia é aquela em que atribuímos o que é de Deus ao diabo, se não temos segurança naquilo que falamos, temos que tomar cuidado com as nossas palavras, pois é por elas que seremos julgados. Deus lhe dê graças e entendimento.

      Excluir
    3. Você não leu o texto completo. Essas atribuições estão respaldadas pela "Palavra".

      Excluir
    4. O diabo tbm usa a Palavra para tentar confundir os que são...

      Excluir
  3. Respostas
    1. Concordo plenamente. Corpo estranho na igreja de Cristo.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Povo que diz ser povo de Deus vcs estão como os Fariseus,se tudo o disseram do nosso Senhor JesusCristo fosse verdade; as críticas sempre vao existir disseram que Ele era filho do diabo,agitador político etc...
      Mas aqueles que estavam com ele não se importou com os rumores,
      Assim também os que estão fazendo a obra de Deus nesta visão estão concientes de seus compromissos com Deus;agora os espirtos de Fariseus sempre existiu e vão existir.

      Excluir
    2. Povo que diz ser povo de Deus vcs estão como os Fariseus,se tudo o disseram do nosso Senhor JesusCristo fosse verdade; as críticas sempre vao existir disseram que Ele era filho do diabo,agitador político etc...
      Mas aqueles que estavam com ele não se importou com os rumores,
      Assim também os que estão fazendo a obra de Deus nesta visão estão concientes de seus compromissos com Deus;agora os espirtos de Fariseus sempre existiu e vão existir.

      Excluir
    3. Vagner Marinho, foi o melhor comentário que vi aqui!!!...

      Graça e Paz

      Excluir
  5. Quem escreveu tudo isso aqui ?
    Porque não assina seu nome ?

    ResponderExcluir
  6. Me perdoe amados, mas convido quem gastou tanto tempo escrevendo todo este material a dedicar seu tempo fazendo a vontade de Deus que é Ganhar Almas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também Concordo. As Almas Morrendo e os Cristãos preocupados. Com Besteiras sou curado por JESUS através do Discipulado um a um. Escondia coisas terríveis que só conseguia pedir perdão a DEUS, mas o dia que conversei com alguém fui Curado.

      Excluir
    2. Psicologia grátis. Está curado ou aliviado?

      Excluir
    3. Interessante, né? Foi curado e ao mesmo tempo foi amarrado ao sistema e ao seu discipulador. Quer dizer que o perdão de Deus não basta? E, querido, acostume-se, pois o sentimento de culpa só serve para te sinalizar uma coisa: Você é culpado por aquilo que está lhe incomodando. O fato de ser perdoado por Deus não vai lhe eximir das consequencias de seus pecados.
      Viva com isso. Mas viva tendo a certeza de que tem um Salvador e um só Senhor. Cuidado para não entregar sua vida para um sistema.

      Excluir
    4. li todo seu comentário, e pude sentir toda sua repulsa por qualquer movimento, metodologia de evangelismo que não caiba no seu conceito de cristianismo puro. Aliás, acredito que desta geração,só entrarão no céu os crentes que você evangelizou e converteu com sua teologia perfeita... ou seja, não entrará ninguém no céu, porque com certeza... você não converteu e nem converterá uma única alma para o Reino de Deus.... criticar é tão fácil.

      Excluir
  7. Peri meu tempo lendo este material. Quem foi que disse que o G12, M12 ou seja lá que tipo de modelo é ruim? Quem escreveu este artigo, se revele e venha nós cohecer um dia com nomes e endereço fica mais facil, e não estou aqui para defender nenhum nome, somente o meu e de minha comunidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto tempo dentro da igreja fazendo cursos teológicos e só agora com essa visão do MDA que sei o que Deus pode realmente fazer vidas transformadas e alegres será que Deus quer um povo triste cabisbaixo e atrofiado por falta de amor.

      Excluir
    2. como falta de amor, não entendi!a partir do momento que aceitamos Cristo a nossa vida já é transformada e o amor dele dentro de nós é que vai fazer toda a diferença...Que igreja que vc frequenta?

      Excluir
    3. como falta de amor, não entendi!a partir do momento que aceitamos Cristo a nossa vida já é transformada e o amor dele dentro de nós é que vai fazer toda a diferença...Que igreja que vc frequenta?

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. E tem trago um crescimento muito grande, falo na questão espiritual. É maravilhoso discipular. Meu querido irmão talvez quem esteja enganado seja você, não fale coisas que você não sabe ou nunca experimentou.. e sobre o Encontro, é tremendooo, só não conhece, não desfruta quem não abre o coração que é chave.. repense e tenha conhecimento daquilo que você fala irmão(ã) pra não falar besteiras..

    ResponderExcluir
  10. Perdi meo tempó lendo essa besteira, falar q mda é uma farça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo com vc, Eles são ignorantes, e estão morrendo de inveja porque vamos ganhar essa nação pra Jesus atraves do MDA, o pior é que os ensinamentos, livros e apostilas do MDA é totalmente baseadas nos versiculos.

      Excluir
  11. Perdi meo tempó lendo essa besteira, falar q mda é uma farça!

    ResponderExcluir
  12. Perdi meo tempó lendo essa besteira, falar q mda é uma farça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Farsa ( Com "s" ) é esse teu Português. Vai estudar cara Pálida

      Excluir
    2. A falta de "conhecimento" é generalizada no pobre irmãozinho. Oremos por ele, e OSEIAS 4 - 6 pra ele.

      Excluir
  13. Um texto sem assinatura, e que tenta denegrir a imagem de pessoas que fazem a obra de Deus?
    Lamentável!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamentável vai ser quando voei perceber que sua igrejinha é a casa do Capeta.
      Bando de charlatões.

      Excluir
    2. Parabéns por julgar e condenar.

      Excluir
  14. marquesflashi@gmail.com meu email e 968346414 meu telefone, meu nome é Thiago, tenho 21 anos de experiência com Cristo Jesus, sou oriundo de uma igreja que adotou o sistema em celulas, e que se desintegrou um ano depois, quem quiser discutir sobre o assunto só chamar lá, mas vem preparado biblicamente porque não dou rodeios pra falar a verdade, a palavra de DEUS diz conhecereis a verdade e a verdade vos libertara!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com todo carinho irmão Thiago, respeito sua opinião, mas nada se pode contra a verdade a não ser com a verdade.
      Em Romanos 2:1 (NVI) a bíblia revela que está enganado nessa história. Vejamos:
      "Portanto, você, que julga, os outros é indesculpável; pois está condenando a si mesmo naquilo em que julga, visto que você, que julga, pratica as mesmas coisas".

      Excluir
    2. A paz meu amado irmão Gustavo, só para constar não sou o que criou o topico mas apoio totalmente. Ao contrario do que VC imagina não estou julgando ninguém mas sim uma doutrina falsa que é uma das maiores hipocrisias no meio cristão. Quer palavra?
      Hebreu e 13 verso 9
      Nao vos deixeis levar em redor por doutrinas varias e estranhas porque bom é que o coração se fortifique com graça e não com manjares, que de nada aproveitaram aos que a ele se entregaram.
      Gálatas 1 verso 7 ao 12
      7-o qual não é outro, mas a alguns que vos inquietam e querem transformar o evangelho de Cristo.
      8-Mas, ainda que nos mesmos ou um anjo dos céus vos anuncie outro evangelho alem do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
      9-Assim, como já vo-lo dissemos agora de novo também vo-lo digo. Se alguem vos anunciar outro evangelho alem do que já recebeste seja anátema.
      10-Porque, persuado eu agora agora a homens ou a Deus? Ou procuro agradar a homens? Se estive ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.
      11- Mas faço-vos saber irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens.
      12-Porque não o recebi ,nem o aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo

      Excluir
    3. Amém! Irmão Thiago, que Deus o Abençoe, como antes havia dito, respeito seu ponto de vista e sua base para isso. Mas não defendo que que o modelo celular é o correto e os modelo tradicional seja errado. Muito pelo contrário, creio na multiforme ação de Deus. Mas seria extremista afirmar que, ir e fazer discípulos (MT 28:19) é uma falsa doutrina. Onde o próprio apóstolo Paulo menciona essa prática de cuidado individual, o discipulado um a uma. Vejamos:
      Colossenses 1:28
      "Nós o proclamamos, advertindo e ensinando a cada um com toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo".
      Quando ele se refere a cada um, ele diz cuidar e ensinar individualmente cada pessoa. em outras palavras discipular individualmente cada pessoa (discipulado um a um).
      Ele mesmo, o apóstolo Paulo, diz o que diferir disso seja anátema
      Galatas 1:8 "Mas, ainda que nos mesmos ou um anjo dos céus vos anuncie outro evangelho alem do que já vos tenho anunciado, seja anátema".

      Excluir
    4. Perfeitamente, mas minha interpretacao sobre Mateus 28-19 é diferente, creio que o IDE e fazer os discípulos seja discípulos de Cristo e não nossos, que condições teríamos de discipular alguem? Com qual autlridade um discipulador pode cobrir alguem espiritualmente? Por acaso este respondera perante o juízo sobre seu discípulo no grande dia? Pelo que sei essa responsabilidade foi dada ao anjo da igreja( pastor).
      Um exemplo pratico bíblico, quando Jesus foi ate João batista para ser batizado e dentre os que o seguiram alguns continuaram sendo discípulos de João batista, logo apos o mesmo foi morto e decapitado, agora me pergunto,o porque? Creio eu que Deus em sua infinita sabedoria sabia que pessoas continuariam seguindo João Batista, e terminou com essa possibilidade nesse momento. Sou completamente a favor que se tenha um cuidado com cada membro seja importante mas por lideres que sejam preparados para tal enfrentento e estejam preparados e tenham o chamado para isso. O que vejo nesse sistema é um modelo de marketing empresarial que busca ganhar forca através de campanhas de números nas igrejas, assisti varias palestras de Abe Huber em que cita jargões tipo 3 mil eu creio 5 mil eu creio, o que significa isso? A palavra de Deus nos dis que Ele busca verdadeiros adoradores que o adorem em Espirito e verdade, se diz que busca os verdadeiros é porque existem os falsos também.
      Sera que ninguém acha estranho o fato dessa nova revelação e método de evangelização ter vindo do nada por uma revelação apos tantos anos de evangelho universal? Eu acredito sim na multiforme graça de Deus afinal ele é onipotente, mas o que tenho visto hoje em dia é um inchaço nas igrejas em que não é pregado mais a porta apertada e o caminho estreito da salvação. E sim palavras como de que temos que semear ou irmos ate Jerusalém para tocarmos o solo sagrado e sermos abençoados com uma unção de prosperidade como próprio René terra nova disse em um seminario, que palhaçada é essa? Foi pra isso que Jesus Cristo se esvaziou assumindo a forma de Servo?
      Mateus 23
      Verso
      8 Vós porem não queiras ser chamados Rabi, porque um só é o vosso mestre a saber, o Cristo e todos vos sois irmãos.
      9 E ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso pai, o qual esta na céu
      10 Nem vos chameis mestre. Porque um só é vosso mestre que é Cristo.

      Excluir
    5. Querido irmão Thiago, essa posição anula as escrituras onde se deixa claro que Cristo Vive em nós. Por exemplo: Todos os que receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus João 1:12; Os que são guiados pelo Espírito de Deus, são filhos de Deus (Romanos 8:14); Temos tudo o que diz respeito a vida e piedade (2 Pedro 1:3); Que somos participantes da natureza divina (2 Pe 1:4); Que temos a mente de Cristo (1 Coríntios 2:16); Que o amor de Deus, foi derramado em nossos corações (Romanos 5:5); Que deus enviou o Espírito de seu filho para os nossos corações (Gálatas 4:6); Aquele que se une ao Senhor é um Espírito com Ele ( 1 Coríntios 6:17).
      Isso nos dá a plena condição de reproduzi, Cristo que habita em nós na vida de outras pessoas.
      Não cremos que esse é o modelo universal. Temos a mesma seriedade, preocupação e zelo, que vocês, nossos preciosos irmãos em Cristo têm, de ter pessoas preparadas para essa grande comissão.
      Mas o modelo neo-testamentário, de ser igreja revela que o papel do ministério quíntuplo (Efésio 4:11) pastores, evangelistas, apóstolos, profetas e doutores é equipar os santos para a obra no ministério. Vejamos:
      Efésios 4:11-12 - "E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,
      12. com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado".
      Nós não inventamos um novo modelo, esse é o modelo bíblico de ser a igreja. Não quero disputar com vocês e/ou justificar o MDA, apenas creio que juntos e unidos, seremos um corpo mais forte. Admiramos muito o zelo que os irmãos tão preciosos teem pelas coisas de Deus. Amamos todos vocês. Abraços!

      Excluir
    6. Amem meu querido, só defendi aqui minha opinião quanto a esse assunto de maneira nenhuma desejo abalar sua fé e em que acredita, mas pra terminar utilizando o mesmo capítulo de efésios o versículo 14 diz: para não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para o outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astucia com que induzem ao erro. Abraços e a Paz.

      Excluir
    7. Paz e Graça! A Você irmão Thiago e a todos os santos, irmãos em Cristo Jesus, que se reúnem em sua igreja local!

      Excluir
    8. Thiago, Amém, Amém, e Amém. Muitos tem que ser enganados senão a "Palavra" é mentirosa. Descasemos no Senhor os que vemos e entendemos.

      Excluir
    9. não se juga os meios, as ferramentas, mas os objetivos, e a visão do MDA é levar o maximos de pessoas a aceitarem Jesus e viver no dia a dia o 1º amor. agora meu querido, vejo que os seus objetivos não são pra ajudar pois muitas pessoas estão sendo alcançadas atraves dessa visão que é bíblica, acho que vc esta querendo colocar pra fora uma frustação que teve, não com a visão mas com homens que falharaõ, mas espero que a sua capacidade e disposição seja usada com o mesmo objetivo da visão MDA - ganhar vidas pra Jesus e cuidar para que perceverem fieis ate a volta de Jesus, olha você é precioso e vejo que tem um potencial pra ganhar multidoes pro Senhor Jesus.

      Excluir
  15. Não conheço a fundo visão MDA mas estou conhecendo o MDA de vagar e acho estranho essas criticas de alguns, muito estranho, e o que eu vi do MDA até agora é que o MDA é de Deus mesmo, pois é Bíblico muito Bíblico, o que falarão mal por ai não tem nada a ver, o MDA é Bíblico até a sombra, é serio, simples e eficaz e exige muito cuidado, amor e perseverança pelo próximo , nunca vi nada igual ou melhor só na Bíblia, que seja tão similar ao IDE e Fazei Discípulos, ensinando-os a serem IMITADORES DE CRISTO me desculpe a sinceridade mas estou conhecendo de vagar essa visão e tenho o maior temor pelos que falam, julgam , criticam uma obra ou visão que esta tirando almas do inferno misericórdia irmão olhem os frutos resultados, conheço casais restaurados, alcoólatras libertos por Cristo por intermédio desse método ou visão quer seja como a chamem e os resultados são inquestionável, agora de verdade qual Pastor que não quer encher a IGREJA de pequenos Cristos (Cristãos) afinados na doutrina de Cristo, seria nadar para morrer na praia um Pastor não querer isso e o MDA da o suporte para cuidar bem de todos os que são salvos pois sozinho um Pastor perde mais do que ganha faz as contas de quantos e quantos passarão pela Igreja e sumiram. Com muito amor Amém e a Paz e paciência pois estamos em Obras até que ELE, o Noivo Venha.... O negocio é ganhar Almas e cuidar bem delas Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Irmão imitador de Cristo não se agarra a uma pessoa. Abram os olhos povo de Deus. OSEIAS 4 - 6

      Excluir
    3. Filho, não é agarrar, é cuidar, é se preocupar uns com os outros, pagar preço pelas vidas, e sinto que Deus te chamou pra isso, se entregar assim como nosso Senhor se entregou por nós, isso é MDA.

      Excluir
  16. A paz meu querido, minha preocupação é justamente com esse crescimento deliberado, sera que esta sento pregado o evangelho da cruz? Da redenção através do sacrifício de Cristo? Em Mateus 13 do 47 ao 50 diz o seguinte:
    47-Igualmente o reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, e que panha toda qualidade de peixes.
    48-E estando cheia a puxam para a praia,e assentando-se apanham para os cestos os bons, os ruins porem lançam fora
    49-Assim sera a consumação dos séculos: Virao anjos e separarão os maus entre os justos,
    50-E lanca-los-ao na fornalha de fogo: ali haverá prantos e ranger de dentes.
    Sera que esse crescimento exacerbado tem trazido bons peixes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim tudo começa na Cruz, é o mais importante para nós, nós pregamos a mensagem da Cruz ♡

      Excluir
    2. Sim tudo começa na Cruz, é o mais importante para nós, nós pregamos a mensagem da Cruz ♡

      Excluir
    3. A paz meus irmãos. Congrego em uma igreja a 7 anos, e os pastores implantaram essa visão do MDA a um ano. Quero dizer para os irmãos, que no início vi que estava sendo edificante, porém tenho percebido que tem gerado discórdias, invejas, mexericos, disputas entre células em quantidade de pessoas. No momento sou líder junto com meu esposo e estamos discipulando. Aconteceu que em um desses discipulados, me confrontei com uma parte que fala na página 35 no ponto 6 da Apostila Manual do Discipulador.

      Fazer Discípulos É o "Negócio" Da Nossa Igreja

      E diz: Na realidade, fazer discípulos é o verdadeiro negócio da nossa igreja e todo verdadeiro cristão deve estar envolvido com essa tarefa. Aliás, uma pessoa que não está fazendo discípulos nem é um cristão sadio.

      Na verdade desse dia em diante o Espírito Santo de Deus me incomodou muito, pq minha discípula foi confrontada também. E passei a pensar Jesus não é um negócio e fazer discípulos muito menos, se VC procurar o dicionário VC vai entender o que é um negócio. Jesus sempre ensinada seus discípulos com muita humildade e amor e não impondo ou forçando. Será que realmente estamos sendo guiados pelo Espírito Santo ou por doutrinas humanas? É muito sério quando essa frase diz: Uma pessoa que não está fazendo discípulos nem é um cristão sadio. Amados, todos tem o direito de seguir ou de ter suas opiniões, mas quero abrir um parêntese aqui: Não preciso de versículos para dizer " Que quem nos conhece no mais íntimo é Jesus e esse sim tem todo poder de nos transformar, de nos julgar e de nos condenar. Ele deve ser Adorado, Exaltado porque através da luz Dele em nós, conseguiremos atrair muitas vidas para Jesus, por isso primeiro Busque o Reino de Deus e a sua Justiça.
      Vejo líderes enfardados, reuniões cobrando metas e metas, cobrando seu crescimento, cobrando números e etc...

      Tenho buscado direcionamento de Deus, em jejum, oração e momentos de secretos com Ele, pq confesso meus irmãos, Deus não é um Deus de confusão, de fofocas, de disputas, entre células, setores ou redes como MDA. E não sejam hipócritas de dizerem que isso não acontece.

      Deus e um Deus de amor, Ele que achar em nós verdadeiros Adoradores que se preocupa com os enfermos, com os necessitados etc...

      Viver o Evangelho verdadeiro é viver Cristo.

      Ticiara

      Excluir
    4. O segredo é o amor uns pelos outros, alias, não era uma multidão que segui a Jesus? tudo por causa do amor, dos sinais e do seu ensinamento...

      Excluir
  17. Não sei quem foi a pessoa que escreveu tudo isso sobre o MDA , mas tenho certeza que esta pessoa esta enganada , pois a visão MDA é muito boa , e na Igreja onde eu congrego até agora não fez mal a ninguém , então não escreva por ai o que não sabe.

    ResponderExcluir
  18. Ué amado a PAZ, pelo que eu li na palavra acima cabe a nós lançar a rede pois Jesus nos fez pescadores de homens e como o versículo Mateus 13 mesmo disse .não é os anjos que vão separar???Então como eu sou um ser humano que tem uma ordem do (IDE) como vou saber quem é quem ...Nossa função então é pregar, cuidar , treinar e enviar e tem um trilho de princípios a serem vencidos para só assim tornar um líder de célula no MDA , agora Deus e quem sabe o futuro do VAZO. Olha só esses versículos ( 2 Corintios 4; 5 Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus
    e também (2 Corintios 4;13 E temos portanto o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos.) então nós não temos o direito de ficar escolhendo quem é quem mas temos o direito de usar estrategias de crescimento desde que os ganhos sejam bem cuidados e transformados em IMITADORES de Cristo e quem nos ampara é o Espirito Santo por isso ha resultados ....E os peixes (nós) não valemos nem merecemos nada é o sangue de Cristo quenos purifica ai já e um caso individual de cada um e onde aparecem o JOIO e o TRIGO e a palavra diz que vão crescer juntos ... então esse o MDA não tem nada a ver com Mateus 13:47-50 na verdade me desculpe mas não entendi a comparação ??? E que se diga de passagem eu compreendo a desconfiança de alguns eu tive que conhecer para ser livre ( João 8.32 32E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”)

    ResponderExcluir
  19. Ué amado a PAZ, pelo que eu li na palavra acima cabe a nós lançar a rede pois Jesus nos fez pescadores de homens e como o versículo Mateus 13 mesmo disse .não é os anjos que vão separar???Então como eu sou um ser humano que tem uma ordem do (IDE) como vou saber quem é quem ...Nossa função então é pregar, cuidar , treinar e enviar e tem um trilho de princípios a serem vencidos para só assim tornar um líder de célula no MDA , agora Deus e quem sabe o futuro do VAZO. Olha só esses versículos ( 2 Corintios 4; 5 Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor; e nós mesmos somos vossos servos por amor de Jesus
    e também (2 Corintios 4;13 E temos portanto o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos.) então nós não temos o direito de ficar escolhendo quem é quem mas temos o direito de usar estrategias de crescimento desde que os ganhos sejam bem cuidados e transformados em IMITADORES de Cristo e quem nos ampara é o Espirito Santo por isso ha resultados ....E os peixes (nós) não valemos nem merecemos nada é o sangue de Cristo quenos purifica ai já e um caso individual de cada um e onde aparecem o JOIO e o TRIGO e a palavra diz que vão crescer juntos ... então esse o MDA não tem nada a ver com Mateus 13:47-50 na verdade me desculpe mas não entendi a comparação ??? E que se diga de passagem eu compreendo a desconfiança de alguns eu tive que conhecer para ser livre ( João 8.32 32E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”)

    ResponderExcluir
  20. A paz meu querido, não entendi a conclusão você teve que conhecer para ser livre, ser livre de que? Dentro do seu pr o proprio contexto de argumento querido, eu já fiz parte da visao e o pré requisito para ser um discipulador é passar pelo discipulado ir para os encontros e só tornar líder, alias todos tem de se tornar lideres porque se não se tornar tem algo de errado ou ta fora da visão, vamos fechar a porta dos fundos e deixar só a da frente aberta não é isso que falam? Agora euvte per pergunto como voce vai pegar o joio ou o individuo que ta lá na igreja sem proposito nenhum, não vive o evangelho genuíno nem é convertido, vai transformar ele em um discipulador e vai da o cuidado espiritual de uma pessoa pra ele? Ele que vai responder perante o tribunal? Por almas ele vai ser responsável? A gente tem que parar de hipocrisia meu amigo, pregar o evangelho de cruz e não de prosperidade, falar a verdade e vai ficar na igreja quem quiser, não é ficar segurando membro e estipulando números pra almentrar membresia e consecutivamente aumentar o caixa da igreja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que eu mais ouvi e que me inquietou nessa visão foi a ideia de que o discipulador após discipular uma pessoa e observá-la é que diz se ela deve discipular alguém. E ai essa pessoa discipula outra, que discipula outra.... parece telefone sem fio. Como é que a informação vai chegar lá no final?

      Excluir
    2. De Deus essa explanação.

      Excluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. "Os crentes precisam parar de serem estúpidos"

    O jargão mais enfatizado nesses encontros, conta com a participação do dirigente (animador de torcida) e dos encontristas (ovelhas que vão ao matadouro). Ele diz: O encontro foi? E as TIETES pentecostalizadas respondem: TREMENDO!

    GOSTA DE OFENDER OS IRMÃOS NÃO É! TIETES, ESTÚPIDOS... E VOCÊ É CRENTE? É SERVO DE DEUS? TE PERGUNTO: E O QUE VOCÊ TEM FEITO EM RELAÇÃO A MATEUS 28:19-20?

    ResponderExcluir
  23. "Os crentes precisam parar de serem estúpidos"

    O jargão mais enfatizado nesses encontros, conta com a participação do dirigente (animador de torcida) e dos encontristas (ovelhas que vão ao matadouro). Ele diz: O encontro foi? E as TIETES pentecostalizadas respondem: TREMENDO!

    GOSTA DE OFENDER OS IRMÃOS NÃO É! TIETES, ESTÚPIDOS... E VOCÊ É CRENTE? É SERVO DE DEUS? TE PERGUNTO: E O QUE VOCÊ TEM FEITO EM RELAÇÃO A MATEUS 28:19-20?

    ResponderExcluir
  24. Eu não tive condições de ler todo o texto. Faço parte de uma congregação que tem abraçado o MDA e até antes da leitura eu também abracei. Não posso dizer que concordo com tudo o que li aqui, mas certamente me fez repensar em algumas coisas. E uma delas é que não existe método "milagroso" pra multiplicar vidas na igreja, exceto a Palavra, porque é ela que edifica, que transforma. Acredito que as pessoas dentro da congregação devam ser mais unidas, mas o papel de discipular vejo que deve ficar a cargo exclusivamente do pastor, ou presbíteros para aconselhamento. Simplesmente dividir o pastoreamento com qualquer pessoa é complicado. Obrigada pelo texto, realmente me fez pensar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão, leia o texto completo e você pula fora literalmente.

      Excluir
  25. Por isso a igreja de Cristo não cresce mais, ao invés de batermos no diabo e em suas estratégias para matar e ceifar as pessoas, a Noiva resolve estapear a própria Noiva!
    Acredito que independente de metodos, o importante é cumprir o IDE e encher o céu de almas para Jesus!
    Faço parte de uma igreja na visão Mda, fui e estou sendo transformada por Jesus através dela, assim como tenho amigos que foram transformados pela Assembléia de Deus!
    Uma grande oração por você que ao invés de fazer a vontade de Deus decide bater na igreja Dele!
    Se algo está errado, deixe que o Noivo concerte, pois a igreja já tem um advogado e um Juiz!
    Deus abençoe e te use, independente da denominação a que pertença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, a questão em evidência não é "estapear a noiva", e sim manter a noiva com o vestido branco, e imaculado, sem manchas. E existem métodos que não vem do Senhor, como assim?! "Independente de métodos"?! Então se o método for levar os cristãos para a macumba e falar que a macumba é o caminho está certo. Ouço muito a palavra discipulos, mas vc está fazendo discipulo seu ou do Senhor, pelo que vejo em seu discurso é seu (pois vc falou independente de métodos...)
      O artigo acima, é algo muito conflitante para a galera que vive em MDA, pois diz de fato a verdade e abre os olhos. Preste bem atenção se vc ou o líder não usa as linguagens mencionadas no texto. O que estou vendo é que a verdade dói, e não queremos aceitar o que é certo.

      Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.
      E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.
      Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
      Mas todas estas coisas são o princípio de dores.
      Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vosão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
      Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarào.
      E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
      Mateus 24:5-11

      Vejo que o tempo que muitos serão enganado já chegou!!!

      Excluir
    2. Então Yeshua, arrumou também um método, foi o primeiro a ir atrás dos doze. Escolheu, discípulou, preparou e enviou. Seus trabalhos realizados, a maior parte foram dentro das casas, lembra do paralítico que foi trazido e abriram o telhado para ele passar? Veja que é tão real, que Ele o Senhor disse aos seus discípulos antes da sua ascenção, ide de casa em casa, imergindo na verdade. Mais se não aceitarem, vire as costas e bata o pó das sandálias. Ao invés dos cristãos estarem debatendo porque não oram. Afinal existe alguém mais sábio do que O Próprio Deus. Por isso O Senhor diz, "Os filhos das trevas são mais prudentes que os filhos da luz". Deus não precisa de defensores, parece que as pessoas querem ditar o que Deus pensa, quem conheceu a mento do Senhor? Deus é suficientemente capaz de realizar seus planos. Agora eu te pergunto e se vc estiver errado a respeito do MDA, como fica. Estou entrando no MDA, fui ver e buscar informações e não vi nada de errado, muito pelo contrário, vi pessoas motivadas, libertas e ganhando toda sua família para Yeshua. Como também já vi muitas pessoas com 10,20,30 anos de igreja e não serem verdadeiramente convertidas. Mais isto é assunto para o Eterno resolver, Ele tem todas as chaves.

      Excluir
  26. Alguém questionou sobre o Evangelho da Cruz ser pregado na visão MDA, sim meu amigo!
    Vivemos a Cruz de Cristo com alegria, sabendo que nosso galardão nos aguarda!
    Quem ama a Jesus, ama o que Ele ama: vidas! Nos gastamos e nos deixamos gastar em favor do Evangelho puro, sem macumbas gospel, como alguém citou!
    Se há erros e pessoas que não foram verdadeiramente transformadas? Sim, assim como existem em qualquer outra igreja de Cristo! Desafio aquele que congrega em uma igreja sem defeitos a me apresentar todas as pessoas da igreja!
    Jesus teve um discipulo desviado não é (mesmo sendo discipulado pelo proprio Deus em forma carnal), quem somos nós para pensarmos que vivemos um método perfeito!
    No céu não terá o cantinho de quem viveu no mda e de quem não viveu, no céu, seremos um só, lavados pelo mesmo sangue, justificados pela cruz e galardoados por termos vivido uma vida reta e que agrade a Deus!
    Aos que já vivem em desunião aqui, não falo de igrejas, mas de alguns que congregam nelas (ate na minha), fica a dica: Se você não consegue ser um só corpo aqui, não vai ser na glória que vai ser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeitas suas palavras! Amo a Visão e tenho visto minha vida ser transformada
      Glórias a Deus por ter dado essa visão ao Pastor Aber

      Excluir
  27. Meu irmão! Fico grato a Deus por encontrar pessoas assim como você com o coração voltado a sã doutrina dos apóstolos, o que entendi é que tem um amor pela Igreja do Senhor e se arriscou em avisa-la dos riscos dos modelos como o MDA, que dizer aos comentaristas NÃO EXISTE REVELAÇÃO NOVA as Escrituras Sagradas tem mais de 2.000 anos.
    "Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;
    O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.
    Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.
    Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.
    Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo.
    Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens."
    Gálatas 1:6-11
    O apóstolo João em suas cartas combatia o agnosticismo que estava se proliferando na Igreja. Para finalizar, não existe mais apóstolo, Paulo foi o último e se quiserem criticar essa posição, por favor procurem saber quem são os apóstolos.

    ResponderExcluir
  28. Perfeita sua colocação companheiro, n existe passagem mais esclarecedora quanto a este assunto que essa, fique na paz.

    ResponderExcluir
  29. Perfeita sua colocação companheiro, n existe passagem mais esclarecedora quanto a este assunto que essa, fique na paz.

    ResponderExcluir
  30. Muito exagerado e inverídico... cheio de julgamento e afirmações excessivas... acréscimos e até mentiras...

    ResponderExcluir
  31. Como é bom andar em uma visão que nos protege, que cuida de nós,nos ensina e nos incentiva a sermos semelhantes a Jesus, cumprindo o chamado que Ele nos Deixeu. Ganhar almas para Jesus, cuidar bem delas;
    Essa visão é algo vinda de Deus, e sim está crescendo, não por manipulações, lavagem, mas porque Deus está nisso. Gloria a Deus, porque temos conseguido cumprir com o nosso chamado, Viver no MDA vale tanto a pena que são poucos os que conseguem falar mal, e não me importo porque Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco, é que sou forte.
    2 Coríntios 12:10
    Isso só me motiva a continuar vivendo naquilo que Deus tem me direcionado, através dos meus pastores amados, do Pastor Abe tão querido só quem o conhece pode falar, que Homem de Deus.
    Enfim nada pode parar o mover de Deus, e isso sim é SÒ O COMEÇO.

    ResponderExcluir
  32. meu amigo o que fazemos nada mais é que passar a frente o que Jesus nos ensinou. O que você fala não passa de dogmas e religiosidade. Antes de falar, vai trabalhar e fazer discípulo, pois nada mais, Jesus ensinou FAZER DISCÍPULO. sai dessa sua cadeira e vai trabalhar, ou será que você é dos qua querem só pregar e se sentar em gabinete? da licença.

    ResponderExcluir
  33. QUERIDOS NA NOSSA IGREJA TRABALHAMOS COM A VISÃO DO MDA, E EU TENHO VISTO, TRAFICANTES ACEITANDO JESUS, GAYS, LESBICAS, IDÓLATRAS, MENDIGOS, CASAMENTOS RESTAURADOS E O EVANGELIO SENDO PREGADO E A VOLTA DE JESUS SENDO ANUNCIADA....E GLÓRIAS A DEUS POR ISSO...

    ResponderExcluir
  34. O cara escreve, escreve e não assina o texto. Por qual razão não quer ser identificado? Quem nos garante que quem escreveu isso é realmente cristão? O que a bíblia diz: "Quem não é comigo, é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha. " Lucas 11:23.
    A intenção do texto é apenas gerar dúvidas. Os fracos na fé leem essas bobagens sem embasamento bíblico algum, duvidam e se desviam.

    ResponderExcluir
  35. Ao contrário do que vários irmãos estão dizendo aí com "O MDA salvou minha vida", eu estou em uma igreja associada à Visão do MDA e acredito que é um grande MÉTODO que igrejas tem utilizado para ganhar almas e cuidar bem delas.
    Na minha visão, aqueles que criticam de uma maneira ofensiva muito forte, e nada construtiva (como esse artigo), são pessoas que experimentaram (e SE experimentaram) a visão aplicada de uma maneira errada pela igreja local. Estamos aplicando Tiago 5:16 apenas.

    Abraço, Deus abençoe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igrejas com chamados específico de Deus, tem olhado a grama do vizinho e tem tido desejo humano de realizar aquilo que o outro está fazendo e não o que Deus tem para a sua igreja, é triste. Sem se dar ao trabalho de saber a origem, a questão é que tem a aparencia de algo de Deus e parece bom demais então quero. Gostei da profundidade que trouxe em seu texto. A origem de tudo isso que está dividindo igrejas hoje, muitos pastores estão aderindo a esse sistema e chamando o que Deus deu a suas igrejas como ultrapassado. O que tem ocorrido dentro das igrejas é simplesmente uma falta de respeito com Deus e com os irmãos. Quem não quiser copiar é rebelde e tem que sair da igreja, já não é Deus quem está direcionando o trabalho, não exitem mais escola bíblicas isso é ultrapassado é sistema antigo tem ser esse novo sistema. Muito triste, igreja se dividindo. Irmãos sendo chamandos de rebeldes ou seja, feiticeiros, antes obreiros e de Deus hoje rebeldes, porque não quiseram copiar a outra igreja. Não adianta defender o sistema implantado como de Deus e descaracterizar os existentes como defasados. É algo diabólico que gerou intrigas e discussão e além das divisões ministerias. Os jargões são diabólicos "o novo de Deus", para mim o novo de Deus em minha vida foi e sempre será Jesus Cristo. Por ai se percebe a erroneidade do sistema. Dá para perceber que não tem nada de Deus já por simplesmente falarem mal da escola bíblica, dos cultos de oração e dos estudos bíblicos, hoje o que vale é o sistema deles, tem copiar tudo na sua íntegra, o que Deus fez e que existia é ultrapassado, esquecem que estão falando de Deus e de sua obra, nada em Deus em sua obra é ultrapassado. O que dizer então da bíblia, Novo e Velho Testamento? Vejo em tudo isso Satanas, agindo da maneira que ele gosta, lançando irmão contra irmão. Todos os que falaram mal das igrejas e dos sistemas implantados por Deus em nossas igrejas, como as escolas bíblica, culto de oração e cultos de louvor e adoração como enviados como lobos vestidos de cordeiros para enganar com jargões como "Encontro com Deus", entre em seus aposentos e ali fale com Deus em secreo e o Deus que ouve em secreto e ouvirá e responderá. Encontro com Deus nada mais é que uma mentira, lavagem cerebral, deveria ser ao menos retiro espiritual mas nem isso é. Bem não vou discorrer os métodos enganosos do sistema "Visão MDA" . Em toda história da igreja algo tão diabólico quanto esse novo sistema que joga irmão contra irmão e que fala mal do que Deus instituiu, e pior, quer dividir as igrejas e fazer com engularmos esse novos ensinos como de Deus. Ao invés de irem congregar com eles do sistema ou da "Visão", preferem trazerem para sua igrejas. Permanecem as igrejas com seus nomes e com a metodologia da outra igreja, concluindo tornam-se "Adúlteras Espiriturias", o nome é da igreja antiga mais o sistema é da nova, teriam que pelo menos por o nome da outra já que aderiram à outra. Já que esse sistema é o certo, sai da sua igreja, deixe que ela viva aquilo que Deus tem para ela e vá congegar com a outra. Mas não, preferem danificar a igreja, destituir o que Deus instituiu. Assim é o que fazem os Adúlteros, adulteram, denigrem a imagem da esposa e se filiam a outra mulher como sua. O método é tão diabólico que o adultério é estabelecido nas igrejas, permanecem com seus nomes mais tudo o que realizam é copiado da outra. Descaracterizou o que Deus caracterizou. Jesus Cristo tenha misericórdia desses que se dizem cristãos causando adultério e divisão nas igrejas e falando mal da noiva de Cristo. Vi em tudo isso a maior falta de amor já presenciada em nossa época. A anarquia estabeleceu-se. Bem quem tem ouvidos para ouvir que ouçam. Parabéns pela exposição verídico texto, trouxe a raiz G12 e MDA

      Excluir
  36. O Escritor Anonimo não sabe nada, kkkkkkkkkkkk e o que é pior tem gente apoiando, cego guiando cego!!! Não conhece nada de MDA, kkkkkkkkkkkk, me perdoem mas só rindo mesmo, o cara chama o MDA de "novo ou nova revelação", não sabe nada mesmo, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  37. Não deveria nem postar um comentário, mas enfim...a Palavra de Deus diz que aquele que ver seu irmão cometendo pecado e não dar um "se toca maluco" peca junto.
    Primeiro, o texto foi escrito por um divisor e ainda assim não teve a coragem de colocar seu nome nos comentários. Só isso já basta para tirar qualquer credibilidade desse texto.
    Segundo, o autor criticou o pastor David Yonggi Cho? Me diga uma coisa meu amigo. Vc já é formado em teologia? Quantos membros sua igreja tem? Quantas igrejas vc ja abriu? Só dessa maneira já descarto as baboseiras que vc vomitou. Saiba de uma coisa, vc dará conta de tudo o que disse e de todos que está confundindo.
    A Palavra de Deus é bem clara: "ai daquele por quem vier o escândalo." Lucas 17:1

    Fiquem com algumas referências para refletirem:
    Romanos 16,17 E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles.
    1Coríntios 5,11 Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.

    ResponderExcluir
  38. Eu fui cooptada por esse movimento por 5 anos porque era muito nova na fé, e fui seduzida pelas promessas de amor, cuidado e comunidade. No início tudo eram flores, mas posso dizer que foi a pior época da minha vida. Vi muitas famílias serem destruídas, vi pessoas ficando com raiva de Jesus, sonhos ficando pelo caminho, pessoas presas, pobreza, miséria, estagnação, relacionamentos quebrados, muita mentira, autoritarismo, manipulação, pessoas vivendo sob ameaças. Hoje em dia a igreja que eu fazia parte já passou do período de 5 anos qdo os frutos ruins começaram a aparecer, e o número de pessoas que já passaram por lá e hoje têm raiva e não querem mais saber de igreja é maior do que o número de membros. Quando eu fui praticamente expulsa, as mesmas pessoas que diziam que eram minha família eterna nem me procuraram pra saber o que aconteceu, minha própria irmã falava que eu estava contaminada e recomendava que ninguém me procurasse. Só peço pra quem ainda está em igrejas assim, procurem saber melhor dos detalhes e entrelinhas, porque os frutos ruins devem estar lá, abafados, encondidos debaixo do tapete, mas uma hora vão aparecer....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que o Senhor abra o seu entendimento filha, se vc realmente estava em uma célula e sendo discipulada sei q isso não deve ser tão verdade, volte lá eu sei q vc sabe q isso tudo é mentira sobre o M.D.A talvez alguém te magoou, mas sei q Deus te ama e que existe pessoas q estão cheias so amor de Deus e que te amam ♡

      Excluir
  39. Primeiro quero dizer q amo muito a sua vida, você não sabe se o M.D.A Vem de Deus e se Deus realmente falou ou não com o Pr.Abe Huber então não deveria julgar, o Encontro com Deus não é lavagem Cerebral vc ja fez ?
    As pessoas estão sendo ganhas, estão aprendendo através das células e do discipulado um a um, e nós sabemos q existem perseguições, espero que Deus abra o seu entendimento, e não fale mal de Pastores eles são autoridades, q o Senhor encha a sua vida com o amor dele ♡

    ResponderExcluir
  40. Primeiro quero dizer q amo muito a sua vida, você não sabe se o M.D.A Vem de Deus e se Deus realmente falou ou não com o Pr.Abe Huber então não deveria julgar, o Encontro com Deus não é lavagem Cerebral vc ja fez ?
    As pessoas estão sendo ganhas, estão aprendendo através das células e do discipulado um a um, e nós sabemos q existem perseguições, espero que Deus abra o seu entendimento, e não fale mal de Pastores eles são autoridades, q o Senhor encha a sua vida com o amor dele ♡

    ResponderExcluir
  41. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fui participante do modelo G-12 que agregou ao MDA, por um período de 2 anos. quando eu ouvi a palavra "célula", logo procurei e vi que não se encontrava nos escritos bíblicos então fui pesquisar na WEB, então conclui que se tratava de um modelo humano assim como muitos, mesmo assim continuei até o MDA se instalar de vez. Praticas como o Encontro nunca me interessei à ir, apesar de ser constantemente cobrado pelo meu líder de célula. Dentro de tudo que existe nesse modelo humano... existem pessoas que por sua vez são humanas. Porém sei que o mesmo não vai deixar de existir tão cedo pelo contrário vai crescer muito. O que queria deixar de comentário é o seguinte; Já fui desse movimento agora não sou mais. Conheço muitas pessoas do movimento que fazem tudo como se fosse para DEUS e visto claramente um diferencial nessas pessoas. Fui também muito crítico desse Modelo depois que descobri do que se tratava, mas não vale à pena, pois acaba se criando inimizades que não é foco do reino de Deus. cheguei a conclusão que todos os Modelos baseados no cristianismo são demasiadamente questionáveis porque têm o toque humano por mais que digam que não, carregam também muito indício de opiniões pessoais e próprias o que normal, pois cada indivíduo pensa diferente do outro. todos querem ter a verdade, todos se acham portadores da verdade. Ninguém vai publicar algo ou alguma ideia dizendo parte contém mentiras, isso não existe. Concluo com cap. 9 de Marcos, onde os discípulos de Jesus vieram à Ele com uma opinião pessoal que acham correta e verdadeira, mas Jesus mostrou à eles (discípulos) que estavam equivocados, e o Mestre ensinou para eles e para nós que o SEU nome muito mais poderoso do que qualquer ideologia, método, grupo, formação, região, pessoa. é um nome irrestrito, é um nome poderoso acima de qualquer convicção humana-teológica. Não me encaixei nesse modelo mais vejo pessoas muito bem lá e fazendo a diferença, pelo simples fato de haver o nome de Jesus Cristo em evidência. é Jesus que faz a obra e salva os caídos pelo pecado, o resto é opinião, opinião e mais opinião.

      Excluir
    2. parabéns pela resposta sai da igreja ass de deus do belem pois la nao me encachei e os pecados encobertos tbm mas sei que existem pessoas que lutam contra o pecado lá oro por eles e sei que Deus irá abençoa-los

      Excluir
  42. Vamos para de criticar, temos QUE LUTAR CONTRA O MUNDO, tantas pessoas no mundo precisando de uma palavra e vcs ai usando um contra o outro.

    ResponderExcluir
  43. Esse é o cara, iluminado que descobriu sozinho a "roda" - será que é falta de ter o que fazer? Acho que é. Pra escrever um tanto de baboseira dessas deve ter levado um tempão. Ô fulano vá procurar o que fazer - algo de útil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema dos encontristas que verdadeiramente tiveram um encontro com Deus é não permanecerem na palavra que Deus colocou em seus corações( João 8:30-); e em Mateus 12: 43; diz que após um espírito sair do homem, ele volta e entra com outros sete piores que ele... Eles querem viver do mesmo jeito de antes do encontro enfocam piores do que antes; isso acontece em qualquer denominação se não se permanecer na palavra( fechando as portas de entrada ou brechas nas nossas vidas).

      Excluir
  44. Amigo Jesus mesmo disse que conhecereis a arvores pelos frutos, e nós que trabalhamos no MDA temos muitos frutos para mostrar e vc?


    Tanta religiosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fruto do Espírito está descrito em Gálatas 5:22,23 e lá não consta números como fruto.
      Se formos utilizar números, a religião islâmica é a que mais cresce atualmente e isso não implica dizer que ela é a correta.

      Excluir
    2. O fruto do Espírito está descrito em Gálatas 5:22,23 e lá não consta números como fruto.
      Se formos utilizar números, a religião islâmica é a que mais cresce atualmente e isso não implica dizer que ela é a correta.

      Excluir
  45. Jesus disse aquele que é por nos não é contra nos! e que nada acontece se não for por permissão de Deus. jesus abençoe a todos

    ResponderExcluir
  46. Boa noite, li o artigo e não concordo com a retórica sofista apresentada pelo autor que se baseia na ligação entre G12, MDA e outros movimentos (o que não descredibiliza o método MDA, pois foi uma pesquisa). Não há segredo algum no encontro (no que eu passei e nos vários que trabalhei), simplesmente a Palavra de Deus é ministrada. O encontro não é um evento em que Deus manifesta mais o seu poder. Simplesmente é um retiro onde as pessoas vão ter um tempo maior para meditar sua relação com Deus.
    Quem vive o discipulado um a um experimenta um crescimento sim no Senhor. O que o MDA fala basicamente: relacionamentos sadios com Deus e com o próximo.
    Agora, o autor usou trechos do material do MDA também deslocado de seu contexto (se eu quiser provar algo, basta selecionar alguns excertos, fazer uns apontamentos e está inquestionavelmente provado?).
    E quanto aos versículos bíblicos? Aqueles apresentados pelo autor não desautorizam o MDA.
    O que me importa é que o SENHOR JESUS está alcançando muitas vidas: mendigos, viciados, traficantes e a Palavra dEle, conforme Isaías 55.10 e 11, está produzindo muitos frutos para a sua glória.

    ResponderExcluir
  47. Boa tarde! Não costumo comentar em blog, porém acredito ser válido comentar aqui, pois primeiramente deixo claro que não julgo ninguém e respeito qualquer opinião, porém o blog na minha opinião se excedeu em seus comentários, já que fica claro que ele não conhece o MDA de verdade, ele apenas imagina o que possa ser. Sou praticante do modelo, (minha igreja carinhosamente diz "Meu Discípulo Amado") e posso afirmar que não é nada do que ele apontou, muito pelo contrário, o MDA é baseado no amor de Cristo, acreditamos que cada um ser discipulado por um se torna mais fácil o cuidado, o amor, pois você sempre terá o seu "Melhor amigo" quando precisar chorar ou rir. O modelo nada mais é do que um estreitamento entre os membros, no qual todos se tornam participantes ativos no ministério. A minha igreja passou de 120 membros para quase 500 em apenas 2 anos. E não digo isso apenas como número, pois crescemos em qualidade, já que a grande maioria está sendo cuidada com amor e sendo ensinada sempre com a bíblia. Já sobre o encontro, eu entendo o porque do "medo" de vocês, pois eu já tive também, mas garanto que não é nada disso, o que praticamos lá é pura bíblia e amor de Jesus. Vi muitos drogados saírem do encontro totalmente curados, e isso não tem preço! Um pequeno detalhe, não é obrigado passar pelo encontro para ser batizado, o que acontece é que toda volta do encontro fazemos batismo, mas mesmo aqueles que não foram no encontro podem se batizar, pois quem decide é a pessoa não a igreja. O batismo consiste de uma declaração pública de mudança de vida, não necessita ter encontro pra isso. Pra finalizar, concordo que muitas igrejas estão aderindo ao MDA de forma incorreta, pois visam "lucro", números apenas, e não almas que é o alvo do MDA. Mas cada pastor se justificará para Deus!

    ResponderExcluir
  48. cara que escreveu o texto. vc precisa de ir no encontro kkkk

    ResponderExcluir
  49. Fiz parte de uma igreja que se baseou no MDA, mas nunca o implantou totalmente. Fui muito abençoado e ministrado, mas não por causa do modelo, por causa das pessoas que eram crentes genuínos. Numa certa altura começou a ideia de ser 100% MDA. 3 coisas me fizeram me afastar de qualquer igreja MDA: 1) pregar e viver o modelo se tornou mais importante que o Evangelho e o Reino; 2) O modelo e suas corzinhas bane por completo a individualidade e diversidade na Igreja; 3) O tal do Romance Real obrigatório!

    ResponderExcluir
  50. Meu querido, pela graça de Deus foste iluminado a revelar este mistério, mesmo com tantos ofendidos reclamando sei que os sinceros terão seus olhos abertos e se livrarão dessa armadilha de satanás!

    ResponderExcluir
  51. Faço parte de uma igreja em células na visão mda. sao aos poucos introduzidas heresias. Libertação geracional. Maldições hereditaria. Nao basta dar dízimo e oferta agora tem que devolver primicias. Preciso estar debaixo do meu pastor. Cobertura espiritual. Nao sendo estou com brecha para Satanás fazer o que quer. Tudo o que o pastor falar nao pode ser repreendido. ele é uma autoridade. Ai vai. So estou nessa visão na minha igreja pq levei alguns para Cristo e me preocupo com eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se essa é sua idéia sinto muito mas vc esta caminhando para o inferno

      Excluir
  52. Deus tenha misericórdia da verdadeira Igreja que vai morar no Céu. Jesus Alertou: Mateus 24:11,12... E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.(V.24)... Pois se levantarão falsos cristos e falsos profetas e apresentarão grandes milagres e prodígios para, se possível, iludir até mesmo os eleitos. Paulo Alertou: (Gálatas 1:6-9)... Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho,
    o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo.
    Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema. Como antes temos dito, assim agora novamente o digo: Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. paz do Senhor Jesus como estão os membros da igreja em que o irmão congrega??? será que todos estão preparados para volta do Senhor Jesus pense nisso e que Deus te abençoe

      Excluir
  53. Sou pastor de igreja no MDA. Já visitei e analisei outros movimentos como o IDE G e M12 e etc. o irmão também está certo quanto aos erros do discipulado. Embora a igreja local possa implantar do seu jeito e então corrigir erros.
    Concordo com o irmão quanto aos erros que podem ocorrer nos Encontros com Deus.Concordo também que existem meninice em relação aos dons e suas manifestações.
    Porém não é verdade alguns dos pontos que o irmão aponta.
    Penso que o modelo MDA é só do m sistema administrativo. Nada mais que isso. É assim que apresento-o.
    Tem um aspecto mão abordado que é do cansaço e excessivo número de atividades de uma igreja em células.
    Quanto a estourar em 3 ou 5 anos.... não vejo isso no dia a dia. Ao contrário.
    É simmmm meu irmão um excelente método de arrancar Almas do inferno.

    ResponderExcluir
  54. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  55. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  56. Continuação

    E quando fiz parte do novo ministério, tive o privilégio de aprender e colocar em prática os métodos da Visão M.D.A, a onde venho aprendendo e tenho certeza que vou aprender mais.
    Para você ter noção eu hoje eu leio a bíblia com vontade e prazer, Eu oro com Vontade você não tem noção de como estou evoluído hoje eu sou um discípulo sou dicipulador e sou lider de celula e sou muito feliz mesmo, hoje o meu maior prazer é resgatar almas ao senhor, e cuidar muito bem delas, sou muito grato por tudo o que Deus tem feito em minha vida e pelo oque ele ira fazer.
    Eu mais que aprovo a visão do M.D.A a onde acontece o dicipulado um a um isso é ótimo, e também agradeço muito a Deus por ter dado está estratégia ao Pastor Abe Huber por ter trazido está nova, visão pois com esta visão pessoas conheceram e entregaram a suas vidas a Cristo e escultaram sobre o verdadeiro evangelho e colocaram em prática em suas vidas e nas pessoas que estão proximas.
    Ja estou terminando de me expressar a minha opinião mais te deixo uma pergunta!!!
    E fico no retorno mais rápido possível de pergunta que irei realizar!!!!

    Se a visão M.D.A é uma farsa, e não devo me iludir, porque eu devo acreditar em você?
    Quem prova para min que você não é crente que quer causar separação no reino de Deus ???

    ResponderExcluir
  57. Gente a verdade sobre tudo isso, é q todos querem estar certos, e defendem algo q nem sabem d q maneira foi criada, pois só quem pode revelar o verdadeiro motivo da implantação desse método chamado MDA, é seu idealizador, o q sei é q Jesus pregou um evangelho q não tem espaço para novas idéias, para agradar faixas etárias ou quaisquer q seja suas vontades, ou costumes q adquiriu no mundo, mas a proposta de Jesus é errependei-vos, crer, e permacer firmes em cristo .

    ResponderExcluir
  58. Pelo tipo se linguagem corrompida e maldosa utilizada pelo autor, percebemos de fato que foi inspirado por Satanás que está furioso com tanta restauração advinda da visão MDA. Meus Amados, não importa a visão... Sempre haverá erros humanos no que for concebido pelo homem, mas lembrem! A essência não mente e não falha! Jesus!. O importante é que haja salvação na vida das pessoas. Não importa por qual modelo seja feito isso.

    ResponderExcluir
  59. Pelo tipo se linguagem corrompida e maldosa utilizada pelo autor, percebemos de fato que foi inspirado por Satanás que está furioso com tanta restauração advinda da visão MDA. Meus Amados, não importa a visão... Sempre haverá erros humanos no que for concebido pelo homem, mas lembrem! A essência não mente e não falha! Jesus!. O importante é que haja salvação na vida das pessoas. Não importa por qual modelo seja feito isso.

    ResponderExcluir
  60. Eu sou de uma Igreja Batista tradicional e somos filiados a Convenção Batista Brasileira, que possui um trabalho belíssimo de evangelização mundial. Acredito que o trabalho de discipulado deve ser feito pelo pastor da igreja, a quem recebeu o chamado para a obra. Também acredito que, apesar de termos a responsabilidade de evangelizar, cada um recebeu um dom específico de Deus para trabalhar em diferentes áreas, como diz efesios 4:11-13: E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,

    12 com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado,

    13 até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.
    Use seu dom para a glória de Deus. Se Deus te deu o dom para ser líder, que seja. Mas posso afirmarcom 100% de certeza que nem todos chegarão a isso.
    Não é um movimento A ou B que vai te fazer ser um verdadeiro crente. Não é poder pular no culto que vai te fazer ser um crente fervoroso. Mais importante é ver as pessoas olhando pra você e te reconhecer com Cristão verdadeiro.
    Sou a favor de um evangelho simples e baseado exclusivamente na palavra de Deus, nos princípios biblicos verdadeiros.
    Falhas encontraremos em todas as denominações, mas se você está feliz com a sua, ótimo! Mas te digo uma coisa: procure conhecer bem quais os princípios que norteiam a doutrina e seja questionador, respeitando os seus pastores.
    Não sou líder e nem tenho pretensão para isso. Sirvo ao Senhor Jesus com a minha vida.
    Obs.: gostei muito do texto e serve para nossa reflexão. Para os que criticam o autor, é hora de pegar o manual MDA e dar uma olhada mais criteriosa e questionar o seu lider (se é que ele vai te ajudar) ou ao seu Pastor.
    Fiquem na paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  61. olha Diego que horror... Como vi em alguns comentários tanto tempo que poderia ser investido em alguma coisa q preste... Falando mau dos outros q ciosa feia...

    ResponderExcluir
  62. Falas como louco!!! Tão louco que se oculta, faz na luz para levar outros á sua própria treva, porque até se esconde??!! Que Deus tenha misericórdia do autor deste texto!! Cuidado pessoal, é agente das trevas, mas precisa muiiito de nossas orações (mesmo), ok? Sr. Oculto? Que o Senhor venha sobre tua mente...

    ResponderExcluir
  63. quem nao tem nome nao existe, voce precisa de um encontro com Deus.

    ResponderExcluir
  64. Muito bem, depois de ler todo o artigo e quase todos os comentários...quero só dizer que a pessoa que escreveu não sabe nada de M.D.A...e que você que tem uma critica ofensiva em nada vai alterar ou parar a obra de Deus feita por Homens e Mulheres de Deus que estão neste momento avançando...ganhando almas, você meu irmão que sabe o que é M.D.A siga em frente,quantos aos que são contra isto é um direito que lhes assiste quanto aos que proferem injurias blasfêmias peço a misericórdia de Deus,e oro que Jesus nos abençoe....GANHAR ALMAS É PRECISO....Wellington Silva

    ResponderExcluir
  65. Meu Deus ... Misericórdia!! ô meu querido escritor deste artigo desculpe mas, peço a você com muito carinho dá só uma olhada da visão M.D.A. HOJE!!!!! no presente ano 2015, agora me Diz é de Deus ou não!??? E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará,
    Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus.
    Atos 5:38,39

    ResponderExcluir
  66. Clericalismo! Só isso. O ministério está na mão do Povo, Jesus quer isso. Queridos "espalhadores" isso é o IDE do Senhor! Tenha santa competência pra raciocinar e parar de escrever coisas inúteis, que combatem contra a Deus, porque é isso que ele fala. Se não ajunta não espalha ( não precisa falar bonito quando se trata da verdade). Conheçam o MDA a fundo participe mesmo que a intenção seja ruim, mas desgute dele! E tire suas próprias conclusões.

    ResponderExcluir
  67. Li o texto até o final e concluo: esse autor é um praticante de quase todas obras da carne:idolatria, feitiçaria, ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções e inveja.
    Meu amigo, enquanto você está atacando seus irmão na fé, vidas estão sendo ceifadas por satanás. Saiba que a religiosidade é abolida e condenada pelo próprio Jesus que, por diversas vezes, frustou os fariseus, que se equipara a você (autor) neste texto.
    Deus tenha misericórdia da tua vida!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MDA pura balela na participei bem tanto q hoje estou aq fora da igreja Porq será a o líder n sequer veio atraz pra saber o q houve a e aqueles q participavam dos encontros q pulam na igreja com a presença de Deus então esses encontro com eles por aí fazendo coisas q até Deus dúvida tem uns seis ai q vão para os encontros voltam cheio do espírito uma semana depois postam fotos de bailes funk ja fazem 2 anos q os mesmo fazem a mesma coisa enfim MDA balela.

      Excluir
  68. O cara fala tanta babozeira sem sentido q não tem nem coragem de assinar. Faça-me o favor né meu brother kkkkkkkkk.
    Vai ganhar almas, mas comece com a sua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MDA pura balela na participei bem tanto q hoje estou aq fora da igreja Porq será a o líder n sequer veio atraz pra saber o q houve a e aqueles q participavam dos encontros q pulam na igreja com a presença de Deus então esses encontro com eles por aí fazendo coisas q até Deus dúvida tem uns seis ai q vão para os encontros voltam cheio do espírito uma semana depois postam fotos de bailes funk ja fazem 2 anos q os mesmo fazem a mesma coisa enfim MDA balela.

      Excluir
    2. MDA pura balela na participei bem tanto q hoje estou aq fora da igreja Porq será a o líder n sequer veio atraz pra saber o q houve a e aqueles q participavam dos encontros q pulam na igreja com a presença de Deus então esses encontro com eles por aí fazendo coisas q até Deus dúvida tem uns seis ai q vão para os encontros voltam cheio do espírito uma semana depois postam fotos de bailes funk ja fazem 2 anos q os mesmo fazem a mesma coisa enfim MDA balela.

      Excluir
  69. Misericórdia de todos;Deus não é Deus de confusão;Mergulhe na presença do Senhor e busque respostas nEle,dEle e para Ele;com certeza acharemos as respostas que precisamos;O Espírito Santo é que nos convence do pecado,do juízo e da justiça;dúvida não provém de Deus;amém?

    ResponderExcluir
  70. Que o Espírito de Deus nos conduza sempre, em tudo que for o seu propósito.

    ResponderExcluir
  71. Que o Espírito de Deus nos conduza sempre, em tudo que for o seu propósito.

    ResponderExcluir
  72. Misericórdia de todos;Deus não é Deus de confusão;Mergulhe na presença do Senhor e busque respostas nEle,dEle e para Ele;com certeza acharemos as respostas que precisamos;O Espírito Santo é que nos convence do pecado,do juízo e da justiça;dúvida não provém de Deus;amém?

    ResponderExcluir
  73. O autor do artigo teria mais credibilidade se tivesse se identificado. Quanto ao MDA, estou estudando há algum tempo, colhendo materiais, testemunhos, confrontando com a Bíblia, buscando orientação de Deus e discernimento. Quero ser um pastor guiado por Deus apenas sendo seu servo. Desejo servir meus irmãos e ajudá-los a seguir os caminhos da salvação.
    Cristo voltará em breve. Devemos estar prontos. Esta mensagem jamais deverá ser esquecida.

    ResponderExcluir
  74. O autor do artigo teria mais credibilidade se tivesse se identificado. Quanto ao MDA, estou estudando há algum tempo, colhendo materiais, testemunhos, confrontando com a Bíblia, buscando orientação de Deus e discernimento. Quero ser um pastor guiado por Deus apenas sendo seu servo. Desejo servir meus irmãos e ajudá-los a seguir os caminhos da salvação.
    Cristo voltará em breve. Devemos estar prontos. Esta mensagem jamais deverá ser esquecida.

    ResponderExcluir
  75. Só queria saber se o m.d.a que esse autor fala em algum momento o m.d.a faz mensão de discórdia ou que noa podemos viver em uniao.o que vejo no mda é amor pelos seus dicipulados companherismo de tem algo errado nosso então estamos mortos não sabemos nada de Deus a sua palavra gostaria que esse autor fosse convertido Não vejo nada de errado mas vou buscar em Deus e resposta de tal confronto mas desde ja digo aos meus irmaos se o mda fala de amor e unidade então quem tá errado

    ResponderExcluir
  76. Perdeu muito tempo fazendo esta matéria e pecou.
    Desde quando é errado buscar pessoas para a igreja, levar a palavra que é a Bíblia.
    Se esse modelo ou outro modelo está levando a palavra de Deus e está resgatando muitas pessoas para dentro da igreja; não importa se ele copiou ou não. Sei que mais pessoas estão buscando a deus e estão fazendo a obra estão dizimando e ofertando que é um dever de todos os seres humanos. Agora se a igreja não estiver usando esses dízimos e ofertas da maneira correta. Aí o pastor e quem estiver de má fé, receberá o peso da mão de Deus.
    O importante é a palavra de Deus ser levada a todos.
    E tem muitos outros pontos que eu prefiro não falar; mas foi perca de tempo ler essa matéria.
    A pessoa que escreveu isto não devia ter feito, se essa pessoa for cristão pior ainda porque isso só causa discórdia.

    ResponderExcluir
  77. Gostei de ler o artigo, embora, além de fatos, esteja carregado de opiniões.
    Para o autor, sugiro estudar mais sobre a maçonaria e os Illuminatti para compreender porque as mesmas cores do MDA estão na própria logomarca da AD, bem neste site, no topo.
    Esta visão e as maiores instituições evangélicas, de maneira geral, estão extremamente ligadas à maçonaria e à preparação da igreja para o AntiCristo.
    Analise a semelhança entre as logomarcas das igrejas. No geral, você vai encontrar: o globo em uma grade (muitas vezes envolvido por um anel, como o de saturno), uma pomba muito estranha em posição de descida, um fogo sempre muito parecido, e mãos segurando o globo (quando não encontrar todos juntos!). É claro que existe uma explicação teológica e romântica para esses símbolos, mas na verdade eles são muito mais do que isso.
    Enfim... parabéns pela coragem de postar, e pelo tempo que você gastou pesquisando tudo isso. Sugiro que em uma futura postagem você procure tratar dos fatos com menos parcialidade, deixando cada um decidir por si só o que pensar sobre aquilo.

    ResponderExcluir
  78. engraçado como uma pessoa perde dias, meses pra fazer uma matéria inútil que não salva nenhuma alma, pior coloca em conflito se o local onde ela cultua é de Deus ou não.... lamentável!!!!!
    ao invés vez de levantar polemicas querido irmão ou irmã, sei la quem seja pq não se identificou no fim do texto, pq vc não leva a palavra de Deus pra essas pessoas? nesse exato momento muitas famílias estão precisando de ajuda, de uma palavra de consolo e restauração! a assembleia de Deus durante muito tempo, excluia os membros que assistiam novelas e certos programas de tv, hj qual o problema se a assembleia de Deus quer entrar no g12, m12, mda? Deixe esses irmão usarem dessas ferramentas para pregarem? qual o problema dessas visoes copiarem umas as outras? nada nessas visoes é novo, pelo contrario, esteve sempre na biblia mas muitos nunca se preocuparam em usar. agora se tem pessoas usando e colocando nome nessas ferramentas, não tem problema queridos, o importante é que tem gente ouvindo a palavra!!!
    obs: fui do g12, atualmente estou no mda e em nenhuma dessas ferramentas fiz regressão, fui impedido de falar o que Deus fez na minha vida nos encontros, fui preletor em muitos deles e sempre foi benção na vida daqueles que foram, a pesar do maior encontro com Deus na minha vida é todos os dias no meu quarto. mudança é gradativa e ninguem muda num retiro da noite para o dia, mais ali começa a jornada rumo a santificação!
    fiquem na santa paz do Senhor Jesus!!!

    ResponderExcluir
  79. Heber você deve ser uma pessoa chata de conviver no dia a dia, as pessoas ao teu redor devem te suportar e não devem de coração gostar de ficar perto de ti, O MDA ele não só ganha alma pra Jesus, cuida tambem dessas almas, ir a assembleia no domingo e ouvi-lo dizer que foram ganho tantas almas pra Jesus e depois quem vai cuidar? Você deve ser uma pessoa amargurada e chata de se conviver. Deus tenha misericordia de nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MDA pura balela na participei bem tanto q hoje estou aq fora da igreja Porq será a o líder n sequer veio atraz pra saber o q houve a e aqueles q participavam dos encontros q pulam na igreja com a presença de Deus então esses encontro com eles por aí fazendo coisas q até Deus dúvida tem uns seis ai q vão para os encontros voltam cheio do espírito uma semana depois postam fotos de bailes funk ja fazem 2 anos q os mesmo fazem a mesma coisa enfim MDA balela.

      Excluir
    2. MDA pura balela na participei bem tanto q hoje estou aq fora da igreja Porq será a o líder n sequer veio atraz pra saber o q houve a e aqueles q participavam dos encontros q pulam na igreja com a presença de Deus então esses encontro com eles por aí fazendo coisas q até Deus dúvida tem uns seis ai q vão para os encontros voltam cheio do espírito uma semana depois postam fotos de bailes funk ja fazem 2 anos q os mesmo fazem a mesma coisa enfim MDA balela.

      Excluir
  80. Excelente!! tenho pesquisado muito sobre este assunto pois sou um dos "velhos insubmissos" que não aceitei passar por este rebatismo. Na volta de um destes Encontros, um pessoal veio entusiasmado dizendo que o "bicho tinha pegado"! De repente caiu um dos encontristas e um outro gritou: "O bicho pegou aqui! O bicho pegou aqui!" O bicho, pasmem, era o Espírito Santo!! Dá p' ra levar a sério?

    ResponderExcluir
  81. "Entendes tu o que lês"?, perguntou felipe ao Tesoureiro da Etiópia. Noto uma parte dos defensores do G12 com bastante dificuldade de leitura e entendimento. O artigo do irmão Gilmar Caetano Tomáz é um trabalho de pesquisa excelente e um trabalho esclarecedor. Noto também que muitos nem acharam o nome do Autor, pois não estão acostumados a ler! Noto ainda que alguns são bem mal-educados! Discípulos de Cristo? Ou é o caráter dos seus discipuladores?

    ResponderExcluir
  82. acho uma baboseira vc ficar tecendo estudo de caso sobre um metodo de crescimento, metodo é metodo e pronto, cada um tem o seu, acho que isso é ciúme de quem não tem capacidade de forjar nada e fica criticando os outros que fazem, e francamente, falar do G12? quando nem as igrejas em células dão tanta evidência no G12.
    Foi profetizado em meados de 2012 que todas as Igrejas em células quebrariam, fechariam, o que se ve é o contrário, as igrejas em células estão cheias, vidas sendo transformados, enquanto que as igrejas históricas e arcaicas estão vazias e sem vidas,acho que cada um fica com o que tem , se você não acha legal o MDA, se cale, coloque um ziper na boca , por que vidas estão sendo salvas, se não faz nada, não critique quem estã sendo sucesso.

    ResponderExcluir
  83. Prezados irmãos em Cristo Jesus, eu poderia citar aqui diversos versículos Bíblicos contra ou favor ao tema citado, mas só quero fazer uma citação : "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12" portanto se o tempo e estratégias que gastamos tentando provar que a nossa teologia (interpretação das escrituras conforme nosso ponto de vista) é única e infalível, nós estivéssemos direcionando a combater o império das trevas, com certeza muitas mais vidas já teriam sido resgatadas do inferno, porque esta sim é indiscutivelmente uma função destinada a nós "ir e pregar o evangelho do SENHOR JESUS CRISTO a toda criatura"

    ResponderExcluir
  84. Li todo texto, achei riquíssimo, .muito preciso.
    Porém, sei quem sou em Deus, o que a .morte de Jesus significa em minha vida, hoje sou livre e liberta de Toda religiosidade, vivo a declaração da palavra em minha vida diária, O Espírito Sá to de Deus me auxilia em todos momentos,faço parte de uma Igreja que me instrui como pessoa intelectual capaz de amar a Deus sobre todas as coisas e ao meu próximo como Jesus ensinou. Nossos cultos celebramos a presença do Nosso Pai celestial e durante a semana oramos por nossas vidas num pequeno grupo. E assim posso ser a presença de Deus onde estou, vivendo de forma que agrade a Deus. Somente a Graça de Deus pode nos tornar .melhores. Deus seja louvado.

    ResponderExcluir
  85. Li todo texto, achei riquíssimo, .muito preciso.
    Porém, sei quem sou em Deus, o que a .morte de Jesus significa em minha vida, hoje sou livre e liberta de Toda religiosidade, vivo a declaração da palavra em minha vida diária, O Espírito Sá to de Deus me auxilia em todos momentos,faço parte de uma Igreja que me instrui como pessoa intelectual capaz de amar a Deus sobre todas as coisas e ao meu próximo como Jesus ensinou. Nossos cultos celebramos a presença do Nosso Pai celestial e durante a semana oramos por nossas vidas num pequeno grupo. E assim posso ser a presença de Deus onde estou, vivendo de forma que agrade a Deus. Somente a Graça de Deus pode nos tornar .melhores. Deus seja louvado.

    ResponderExcluir
  86. Li todo texto, achei riquíssimo, .muito preciso.
    Porém, sei quem sou em Deus, o que a .morte de Jesus significa em minha vida, hoje sou livre e liberta de Toda religiosidade, vivo a declaração da palavra em minha vida diária, O Espírito Sánto de Deus me auxilia em todos momentos,faço parte de uma Igreja que me instrui como pessoa intelectual capaz de amar a Deus sobre todas as coisas e ao meu próximo como Jesus ensinou. Nossos cultos celebramos a presença do Nosso Pai celestial e durante a semana oramos por nossas vidas num pequeno grupo. E assim posso ser a presença de Deus onde estou, vivendo de forma que agrade a Deus. Somente a Graça de Deus pode nos tornar .melhores. Deus seja louvado.

    ResponderExcluir
  87. Pregue o Evangelho em todo tempo.
    Se necessário, use palavras.

    Com MDA ou sem...

    Teu pastor é uma autoridade espiritual colocada por Deus em sua vida, e se você não concorda com a visão ta no seu direito, mas se juntar para falar mal do seu pastor ou da visão da sua igreja isso é rebeldia e a mão do SENHOR pesará sobre você. É preferível que você converse com seu pastor pedindo a bênção dele e saia para não pecar mais e vá para outra igreja a seu gosto.

    Se você concorda com a visão amém, faça o melhor desde que o foco seja ganhar almas para o Senhor e não encher a igreja de membros, pois é preferível uma igreja pequena com uma palavra boa e verdadeira que faça você se arrepender dos seus pecados do que uma igreja estufada e morta.

    E realmente temos que buscar conhecimento, buscar a origem de tudo que trazemos para nossas vidas, aposto que ninguém quer trazer uma maldição para sua vida, isso mesmo, pesquisam, estudem e tbm examinem as escrituras sagradas pois Deus dará a decisão certa para vocês.

    Fiquem na paz do SENHOR meus irmãos

    ResponderExcluir
  88. Não vi base Bíblica pra rebater a visão mda então sem base bíblica essa coluna não vale de nada vai cuidar de vidas e deixa a visão dos outros de mão ✋

    ResponderExcluir
  89. Não vi base Bíblica pra rebater a visão mda então sem base bíblica essa coluna não vale de nada vai cuidar de vidas e deixa a visão dos outros de mão ✋

    ResponderExcluir
  90. Texto completamente desnecessário. Texto e críticas sem base biblica alguma. MDA tem ganhando muitas almas pra Jesus, e jamais idolatramos nossos lideres ou pastores, pelo contrario é sempre lembrado que toda honra e glória somente a Jesus. Sobre confessar seus pecados, é biblia irmão e funciona, ai sua mente maldosa já vem dizer que é uma estratégia para prender a pessoa, prender a que? Será que o discipulador vai ameaçar essa pessoa depois, pq sabe algum podre dela? PAZ do senhor querido irmão. Se dedique a ganhar almas ao invés de querer destruir a obra de quem de fato está lutando pelo reino de Deus. Tem muitas vidas transformadas e conhecendo a cristo através desse sistema. Glória e honra a Deus. Leia atos, e veja como era a igreja primitiva que entendera melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá as Almas q foram salvas estão todas libertas de seus pecados?Porq sou prova ja participei desse mda pra mim n faz diferença nunhuma porque se eu quiser dançar pular com luzes apagadas prefiro ir pra balada n ficar insultando o templo de Deus com esses tipo de coisas sem falar q aquelas Almas "ganhas" continua a mesma coisa de antes fumam, bebem usam roupas q n da pra diferenciar se a pessoa é de Deus ou n então pra concluir pra mim esse tal MDA n passa de balela pra encher igrejas...sou prova viva ja participei nesse conto n caio mais.... fica a fica.

      Excluir
    2. Tá as Almas q foram salvas estão todas libertas de seus pecados?Porq sou prova ja participei desse mda pra mim n faz diferença nunhuma porque se eu quiser dançar pular com luzes apagadas prefiro ir pra balada n ficar insultando o templo de Deus com esses tipo de coisas sem falar q aquelas Almas "ganhas" continua a mesma coisa de antes fumam, bebem usam roupas q n da pra diferenciar se a pessoa é de Deus ou n então pra concluir pra mim esse tal MDA n passa de balela pra encher igrejas...sou prova viva ja participei nesse conto n caio mais.... fica a fica.

      Excluir
    3. o problema não e o método porque toda as igrejas que eu conheço aplica métodos o problemas são pessoas e lideres que querem usar o nome de Deus para se vangloriar isto acontece em todas as igrejas pessoas que querem ser do mesmo jeito dentro da igreja como la fora e não ver que tem lideres que dão a vida em oração jejum e tempo para Deus tocar num encontro e acha pessoas para valar que não foram mudadas isto e porque não qui serão não foi por causa de um método .

      Excluir
  91. Depois de anos procurando alguma forma de me firmar na presença de Deus comecei a frequentar a Igreja da Paz a qual è citada no texto e de uma coisa eu tenho certeza, hoje como supervisora e líder de células sei o quanto é importante a visão MDA, o quanto vem crescendo e fazendo com que as pessoas são apaixonadas primeiramente por Jesus, na igreja com essa visão a panelinha passa longe, pois além de irmãos formamos uma grande família, aonde não só se comprimente dentro da igreja ou da "Paz" do Senhor sem ao menos dar uma atenção, um abraço e uma palavra amiga.

    ResponderExcluir
  92. nunca respondo nada, mas dessa vez nao aguentei...so tenho a dizer q se vc que escreve isso e perde seu tempo en difamar a obra de Deus nao se arrepender e ter uma verdadera revelacao..quando este no inferno se dara conta do erro q esta causando e ja nao tera volta atras!! seja instrumento de luz e nao das trevas!!

    ResponderExcluir
  93. nunca respondo nada, mas dessa vez nao aguentei...so tenho a dizer q se vc que escreve isso e perde seu tempo en difamar a obra de Deus nao se arrepender e ter uma verdadera revelacao..quando este no inferno se dara conta do erro q esta causando e ja nao tera volta atras!! seja instrumento de luz e nao das trevas!!

    ResponderExcluir
  94. permita-me perguntar ao autor da critica do modelo MDA, cujo o mesmo não se identifica, se voce orou a Deus antes de escrever todo esse repudio a obra de Deus ?????????

    sem mais ,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... ate mesmo porque, ao inves de ter perdido um grande tempo pesquisando e levantando essa discordia toda , tivesse escolhido em ir ter com Deus, dobrar seu joelho e ter tempo com Deus seria muito mais proveitoso e nao teria tempo pra acusações falsas!

      Excluir
  95. https://www.youtube.com/watch?v=w6jZ7S2Wx-I

    ResponderExcluir

  96. Povo que diz ser povo de Deus vcs estão como os Fariseus,se tudo o disseram do nosso Senhor JesusCristo fosse verdade; as críticas sempre vao existir disseram que Ele era filho do diabo,agitador político etc...
    Mas aqueles que estavam com ele não se importou com os rumores,
    Assim também os que estão fazendo a obra de Deus nesta visão estão concientes de seus compromissos com Deus;agora os espirtos de Fariseus sempre existiu e vão existir.

    ResponderExcluir
  97. Olhem a volta do encontro da igreja que frequento:

    https://www.facebook.com/llopreato/videos/vb.100001814540305/481918525211961/?type=3
    https://www.facebook.com/llopreato/videos/vb.100001814540305/571171296286683/?type=3

    ResponderExcluir
  98. Bom, eu li o texto todo. Li também alguns comentários. Vou escrever minha experiência. Faço parte de uma igreja em células na visão do MDA, tenho um discipulador, tenho discipulos, ja fiz o encontro, aqui chama face a face com Deus, meu nome é "Mario". Sempre fui membro de uma igreja x até decidir passar a fazer parte da igreja que estou hoje, pelo menos por enquanto. Me envolvi com a igreja, fiz todos esses cursos aqui citados, sou estudante de teologia, estou no 2 ano. Na minha opinião, concordo com o texto. Eu compreendo a motivação de alguns (existem pessoas corretas) de ganhar almas, pregar a palavra, porém, oque vemos dentro de "igrejas" desse tipo, é que há uma cobrança inesgoável por multiplicações, envio de relatórios e tudo mais, é algo extramamente forçado. Sem contar nesse esquema de MDA que não faz sentido algum, outra pessoa escolhe seu discipulador? rs. Parece mais uma empresa, onde é uma piramid usada para aumentar o ego das pessoas. Felizmente meus olhos foram abertos. Ainda não sai dessa igreja pois tem pessoas as quais eu gosto muito e que eu procuro ensinar a palavra. Mas em breve irei para outra denominação. Estudem a palavra de Deus. Leiam a Bíblia e vocês entenderão o verdadeiro evangelho... Simples e Transformador. Que Deus abençoe!

    ResponderExcluir
  99. Voz do que clama no deserto, preparem o caminho do Senhor.
    Querido irmão, obrigada de coração.
    Muitos abrirão os olhos, espero!
    Saúdo você com alegria e toda a Sirte de bênçãos nas regiões celestiais.

    .... compartilhando a verdade como ATALAIASM

    ResponderExcluir
  100. Nunca vi tanta besteira escrita em um só lugar... Eu faço parte de grupos de células e da visão MDA! E quando vc tem alguém que ajuda a vc cm seus problemas tudo fica mais fácil. Por isso que tem tanta que fala mal de crente que invés de cuidar das ovelhas fica falando mal de pastores. Quando vc entra em uma igreja que não tá nem aí pra vc, vc tende a sair mais frustrado do que entrou. Discipulado um a um é vc ser cuidado e não ser só mais um número na igreja.

    ResponderExcluir
  101. ___________________________

    A VERDADEIRA IGREJA É AQUELE CRISTÃO QUE FAZ A VONTADE DE DEUS!

    TEMPLOS, SALÕES, PRÉDIOS, IGREJAS, SINAGOGAS, MESQUITAS...etc

    NADA DISSO TRAZ SALVAÇÃO!


    JESUS CRISTO É O CAMINHO E NÃO UMA PLACA DE IGREJA!

    _______________________________

    O PECADOR NECESSITA DE JESUS CRISTO E NÃO DE UMA IGREJA!

    ONDE ESTIVEREM DOIS, TRÊS REUNIDOS EM NOME DE JESUS, COM FÉ E SINCERIDADE, ALÍ JESUS SE MANIFESTA COM PODER E GLORIA...


    QUEM SE REUNE PARA FAZER SOMENTE "FESTAS" E "PALHAÇADAS" terá de acertar contas com Deus.

    A IGREJA PERTENCE AO SENHOR JESUS... A IGREJA NÃO É DO HOMEM.
    .
    .
    JESUS NUNCA DEIXOU NOMES DE IGREJAS.....ESTA ou AQUELA.....NUNCA !!!

    ResponderExcluir
  102. paz do Senhor Jesus a todos congrego na igreja batista em diadema sp li boa parte do material aqui postado faço uma pergunta oq as igrejas posso dizer o nome pq tem assembléia de Deus estão fazendo com pessoas que estão congregando em suas igrejas as ass de deus ministério do belem e do ministério do madureira pra quem nao sabe são a favor do divórcio sai do ministério do belem pq sou contra divórcio, fornicação, casais amasiados e outras coisas que nem vale dizer conhecio mda nao frequento essa visão mas conheço pessoas que estão TRANSFORMADAS por JESUS através desse método acho que temos que analisar se tais métodos são direcionados por Deus através do resultado nas vidas das pessoas e não pelo que ouvimos e para reforçar oq eu disse aqui sobre as ass de deus vi com meus propios olhos e para nao dizer apenas das ass de deus algumas igrejas batistas tbm sao a favor do divorcio homossexualismo e outras coisas o que eu quero com isso é que temos que parar com as afrontas pois só o inferno esta ganhando com isso!!!

    ResponderExcluir
  103. e pra quem não sabe a CPAD e a CGADB estão usando um método baseado no MDA quem quiser prova tenho revistas de escola dominical aqui comigo pois fui professor de jovens durante 4 anos e meio meu whats 11 95131-5455

    ResponderExcluir
  104. os dois comentarios acima são meus tbm

    ResponderExcluir
  105. os dois comentarios acima são meus tbm

    ResponderExcluir
  106. Bem, eu diria que são pessoas como nós que envergonham o evangelho de Cristo, afinal dizemos conhecer a Ele ou a sua palavra entretanto criamos discussões e dissenções na igreja atraves de teses bem fundamentadas e estruturadas que criticam e defamam uma visão e outros irritados tentam defender a sua visão e não se dão conta que estão promovendo dissenções entre o mesmo povo que diz seguir a Cristo mais envergonham a sua palavra com esse tipo de "debate"
    Se uma visão esta errada ou não não cabe a nenhum de nós julgar demais seja para bem ou para mal, estando certo de que em tudo há erros sejam muiros ou poucos, mas não nos cabe o dever de analizar se algo é bom ou ruim, se vem de Deus ou não,afinal Ele é justo juiz e devemos esperar apenas no seu julgamento não no nosso, por que somos seres de inteligencia limitada e Deus nos disse apenas ide e pregai o evangelho a toda criatura, Ele não especificou qual visão deveriamos usar, se era M12, MDA, e outras tantas, só nos basta saber que vidas tem sido ganhas para o Senhor Jesus e que essas tantas visões tem promovido revoluções neste mundo, devemos apenas usar nosso livre-arbitrio para decidir em que visão se inserir para alcançar a Cristo e respeitar a decisão de outros, e no fim o Deus Altissimo julgara as nações com justiça e verdade, e Ele e somente Ele dirá o que estava certo e o que estava errado.

    ResponderExcluir
  107. Bem, eu diria que são pessoas como nós que envergonham o evangelho de Cristo, afinal dizemos conhecer a Ele ou a sua palavra entretanto criamos discussões e dissenções na igreja atraves de teses bem fundamentadas e estruturadas que criticam e defamam uma visão e outros irritados tentam defender a sua visão e não se dão conta que estão promovendo dissenções entre o mesmo povo que diz seguir a Cristo mais envergonham a sua palavra com esse tipo de "debate"
    Se uma visão esta errada ou não não cabe a nenhum de nós julgar demais seja para bem ou para mal, estando certo de que em tudo há erros sejam muiros ou poucos, mas não nos cabe o dever de analizar se algo é bom ou ruim, se vem de Deus ou não,afinal Ele é justo juiz e devemos esperar apenas no seu julgamento não no nosso, por que somos seres de inteligencia limitada e Deus nos disse apenas ide e pregai o evangelho a toda criatura, Ele não especificou qual visão deveriamos usar, se era M12, MDA, e outras tantas, só nos basta saber que vidas tem sido ganhas para o Senhor Jesus e que essas tantas visões tem promovido revoluções neste mundo, devemos apenas usar nosso livre-arbitrio para decidir em que visão se inserir para alcançar a Cristo e respeitar a decisão de outros, e no fim o Deus Altissimo julgara as nações com justiça e verdade, e Ele e somente Ele dirá o que estava certo e o que estava errado.

    ResponderExcluir

Gospel Prime